Publicada em 29/01/2018, às 12:45

Dupla de reforços do São Paulo faz exames e deve assinar em breve

O colombiano Tréllez e o meio-campista Nenê chegam ao Tricolor nesta semana; jogadores não foram pedidos da comissão técnica de Dorival Júnior

(Foto: Maurícia da Mata / Divulgação / EC Vitória)

CLIQUE AQUI e receba notícias do São Paulo direto no seu Messenger.

O atacante colombiano Tréllez e o meio-campista Nenê, os dois novos reforços do São Paulo para esta temporada, farão exames médicos nesta segunda (29) e devem assinar contrato com o Tricolor do Morumbi na sequência. A expectativa dos tricolores é de que a dupla seja apresentada ainda nesta semana e esteja pronta para estrear com a camisa do clube o mais breve possível.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





Depois de longas conversas com o Vitória e de quase pintar no rival Corinthians, Tréllez desembarcou no último domingo (28) na capital paulista. O jogador, agenciado pelo mesmo empresário que levou o argentino Jonatan Gómez ao clube do Morumbi no meio do ano passado, deve brigar com Diego Souza por uma vaga no time titular.

Para trazer o jogador, a diretoria são-paulina concordou em pagar R$ 6 milhões por 70% dos direitos econômicos do atleta. Aos 28 anos, Tréllez foi o artilheiro do Vitória na última edição do Brasileirão com 10 gols anotados. O colombiano vai assinar contrato de três anos com o São Paulo com a possibilidade de prorrogação por mais uma temporada.

Já o ex-vascaíno Nenê realizará o sonho de infância de jogar em seu clube do coração. Revelado pelo Paulista de Jundiaí, o jogador passou por Palmeiras, Santos, West Ham e Paris Saint-Germain antes de retornar ao Brasil para ser o líder técnico do Cruz-maltino nas últimas duas temporadas.

Assim como seu novo parceiro colombiano, Nenê fará exames médicos e deve ser oficialmente apresentado como reforço do São Paulo nesta semana. O jogador deve disputar com Cueva, Shaylon e Lucas Fernandes o espaço no meio de campo.

Ambos, no entanto, não eram as primeiras opções de Dorival Júnior para a formulação do elenco. O treinador confessou na entrevista coletiva após a derrota para o Corinthians, no último domingo, que trabalhava com outros nomes para reforçar o São Paulo e Tréllez e Nenê foram oferecidos pela diretoria.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!

Publicada em 09/02/2018, às 11:11

Dorival pode atingir marca que foi batida pela última vez por Muricy Ramalho no São Paulo

Caso vença o duelo da próxima quarta-feira, contra o CSA, pela Copa do brasil, técnico alcançará uma marca inatingível desde março de 2015

(Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

CLIQUE AQUI e receba notícias do São Paulo direto no seu Messenger.

Pela segunda vez, Dorival Jr está próximo de quebrar um longo jejum no comando do São Paulo desde que chegou ao Morumbi. Vindo de três vitórias consecutivas, o treinador, caso vença o duelo da próxima quarta-feira, contra o CSA, pela Copa do brasil, alcançará uma marca inatingível desde março de 2015, quando Muricy Ramalho ainda estava à frente do Tricolor.



Na época, o São Paulo acabou superando o São Bento, Ponte Preta, San Lorenzo, este pela Libertadores, e Marília, somando quatro vitórias consecutivas. Ainda assim, não conseguiu alçar voos altos na temporada e teve de se contentar com mais um ano sem qualquer título conquistado.

Em 2017, já sob o comando de Dorival Jr, o São Paulo esteve muito próximo de vencer quatro jogos de maneira consecutiva. Foi na reta final do Campeonato Brasileiro. Depois de superar Flamengo, Santos e Atlético-GO, bastava ao Tricolor levar a melhor sobre a Chapecoense, no Pacaembu, para acabar com o jejum, no entanto, o time catarinense conseguiu sair de campo com um empate em 2 a 2.

Vindo de triunfos sobre Madureira, Botafogo-SP e Bragantino, Dorival Jr, ainda assim, tenta se livrar de uma vez por todas da grande pressão que se instalou no clube neste início de temporada. Para isso, o comandante são-paulino trabalhará duro neste Carnaval para que sua equipe, enfim, chegue à quarta vitória consecutiva. Mais do que o jejum, o resultado é de extrema importância pelo fato de o próximo jogo da equipe ser válido pela segunda fase da Copa do Brasil, contra o CSA, de Alagoas.



Conteúdo publicado originalmente no site Fox Sports