Publicada em 28/01/2018, às 17:09

Dorival revela 'detalhe' que ainda falta para Diego Souza no São Paulo: 'Vai acontecer'

Mesmo com dedicação, atacante ficou longe de brilhar em campo no clássico contra o Corinthians, no último sábado. Situação, no entanto, não incomoda o treinador do Tricolor

(Foto: Marco Galvão/Foto Arena)

CLIQUE AQUI e receba notícias do São Paulo direto no seu Messenger.

O primeiro clássico de Diego Souza com a camisa do São Paulo é para esquecer. O principal reforço tricolor para a temporada pouco participou do Majestoso, finalizou apenas uma vez, sem perigo, e terminou quase sem ser notado em campo. Nada disso, porém, faz com que o técnico Dorival Júnior repense a ideia de aproveitar o ex-atleta do Sport em outra função que não a de centroavante.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





“No primeiro momento, não. Eu quero ele assim. No Sport ele vinha jogando assim e jogando bem. Não é por causa de uma partida que nós vamos mudar. Nós temos de fazer uma aproximação maior, ele sabe muito bem fazer a parede, é questão de tempo, adaptação. O Diego sabe trabalhar ali. Uma adaptação rápida vai acontecer”, garantiu o treinador.

Os questionamentos em cima de Anderson Martins também martelaram a cabeça de Dorival Júnior depois da falha do zagueiro na marcação de Balbuena no lance que culminou com o gol do paraguaio nesse sábado.

“Isso é questão de tempo, Anderson está fazendo o segundo jogo pela equipe. A equipe do São Paulo, nos últimos 12 jogos, essa é a terceira derrota. Perdemos para o Grêmio, São Bento e agora (Corinthians). Perdemos o Arboleda (lesão) logo no início, vai demorar um tempo para o retorno dele, mas ganhamos o Anderson Martins, o Bruno (Alves) jogou bem, o Aderlan jogou bem. Não me tira o sono, não. Foi uma situação de momento”, observou Dorival, em defesa de seus atletas.

Tanto Diego Souza quando Anderson Martins só devem sair da equipe titular caso o departamento físico entenda que a dupla precise de um descanso. Nesta quarta-feira, o São Paulo tem decisão contra o Madureira em Londrina (a equipe carioca vendeu o mando) pela estreia na Copa do Brasil. No sábado, o Tricolor recebe o Botafogo-SP no Morumbi com a ‘obrigação’ de vencer depois de triunfar apenas uma vez nas quatro primeiras rodadas do Campeonato Paulista.

Conteúdo publicado originalmente no site Fox Sports

Publicada em 22/02/2018, às 21:23

Usados só um tempo em Itu, Nenê e Diego Souza treinam no São Paulo

No dia seguinte à derrota para o Ituano, os dois foram os únicos titulares na linha que trabalharam no CT da Barra Funda, de olho no duelo de domingo, contra a Ferroviária

(Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

CLIQUE AQUI e receba notícias do São Paulo direto no seu Messenger.

No dia seguinte à derrota por 2 a 1 para o Ituano, Diego Souza e Nenê foram os únicos titulares do São Paulo que participaram do treino desta quinta-feira, no CT da Barra Funda. Ambos foram sacados no intervalo da partida dessa quarta-feira e, por isso, foram usado na atividade, fechada à imprensa.



Somente quem atuou por mais de 45 minutos realizou trabalho regenerativo. Por isso, tanto Diego Souza e Nenê quanto Valdívia e Tréllez, que entraram nos seus lugares em Itu, treinaram ao lado dos reservas na tarde, que teve a definição da permanência de Dorival Júnior à frente da equipe.

O clube divulgou que o técnico usou a atividade para enxergar opções de mudança para enfrentar a Ferroviária, no domingo, no Morumbi. O Tricolor tem dois desfalques certos: o volante Jucilei, que teve contratura na coxa direita, e o lateral-esquerdo Reinaldo, suspenso - a tendência é que Petros, que cumpriu suspensão, volte ao meio-campo, e Edimar reapareça na lateral.

Dorival dividiu o grupo em dois times, que se enfrentaram sob exigência de movimentação e trocas rápidas de passes. Na atividade, quem passava da linha na intermediária saía frente a frente com o goleiro e era obrigado a finalizar.



Na manhã desta sexta-feira, com a entrada liberada para a imprensa, o São Paulo volta a trabalhar, de olho no duelo de domingo. No sábado, em treinamento fechado, o time realiza a última atividade antes de tentar a recuperação no Campeonato Paulista - vem de duas derrotas seguidas e é o terceiro time que mais perdeu na competição.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!