Publicada em 27/01/2018, às 13:33

Caio larga na frente por titularidade e depende de compra para ficar no Flu

Surpresa a Abel na estreia do Carioca, volante da base deve enfrentar o Madureira no domingo. Está emprestado pelo Londrina até junho, com opção de aquisição

Caio apresentou futebol que agrada Abel (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Fluminense direto no seu Messenger.

A impressão deixada foi tão boa que nem mesmo a expulsão prejudicou Caio. Titular na estreia do Carioca, com boa atuação e gol marcado diante do Boavista, o volante de 19 anos largou na frente para ganhar nova chance de Abel Braga no domingo.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





impressão deixada foi tão boa que nem mesmo a expulsão prejudicou Caio. Titular na estreia do Carioca, com boa atuação e gol marcado diante do Boavista (veja no vídeo abaixo), o volante de 19 anos largou na frente para ganhar nova chance de Abel Braga no domingo.

Desde o meio do ano passado em Xerém, Caio foi contratado por empréstimo até 30 de juno de 2018. Há cláusula que estipula valor para a compra. A tendência é de que o Tricolor a exerça.

A captação do atleta ocorreu em 2017. O Tricolor enfrentou o Londrina na Copa do Brasil sub-20. Caio autou e chamou a atenção dos observadores do time carioca. Como há boa relação com o time paranaense (visto os empréstimos de Leo Pelé e Ayrton), o acerto foi fácil.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte

Publicada em 23/02/2018, às 18:22

Fluminense e Diego Cavalieri chegam a acordo por rescisão; goleiro negocia com clube inglês

Fora dos planos do Tricolor desde o fim da última temporada, arqueiro entrou na justiça contra o clube buscando rescindir o contrato, assim como Scarpa e Henrique. Nesta sexta-feira (23), as partes chegaram a um acerto

(Foto: FOX Sports)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Fluminense direto no seu Messenger.

O Fluminense anunciou na tarde desta sexta-feira (23 de fevereiro) que entrou em acordo com o goleiro Diego Cavalieri, que teve a rescisão de contrato com o clube publicada no Boletim Informativo Diário da CBF, o BID.



Dispensado de forma conturbada pelo Tricolor no fim de 2017, o arqueiro seguiu o caminho do zagueiro Henrique e do meia Gustavo Scarpa e pediu rescisão na Justiça Trabalhista, alegando atrasos de pagamento. Desde então, Diego e Fluminense iniciaram uma negociação para que o caso fosse resolvido de forma mais amistosa.

O jogador negocia com o Crystal Palace, da Inglaterra, e precisava da liberação do clube carioca. Os valores do acerto não foram divulgados pelo Tricolor das Laranjeiras.

Na publicação, o Fluminense aproveitou para agradecer os serviços prestados pelo goleiro: "O clube deseja sorte ao jogador que sempre honrou com profissionalismo as três cores que traduzem tradição em seu próximo passo na carreira".



Conteúdo publicado originalmente no site Fox Sports