Publicada em 26/01/2018, às 18:09

De olho no Corinthians: veja o que Diego Souza pensa sobre 1º clássico no São Paulo

Camisa 9 vê grupo do tricolor jovem e com qualidade para vencer o rival no Pacaembu

Diego Souza fez o primeiro gol do São Paulo em 2018 (Foto: Célio Messias/Estadão Conteúdo)

CLIQUE AQUI e receba notícias do São Paulo direto no seu Messenger.

O São Paulo vai ao Pacaembu no sábado, às 17h (de Brasília), para enfrentar o Corinthianspela quarta rodada do Paulistão. Embora o clássico seja fora de casa, Diego Souza não vê favoritismo do arquirrival.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





– Em um clássico não tem favoritismo. Eles jogam com o mando, mas dentro de campo são 11 contra 11. A nossa equipe está em formação, mas tem grandes jogadores, jovens e de qualidade, que têm totais condições de chegar lá e fazer um grande jogo contra qualquer um, não só com o Corinthians – disse Diego Souza.

Autor do primeiro gol do São Paulo em 2018, Diego Souza quebrou o jejum do time na vitória por 2 a 0 sobre o Mirassol. O Tricolor foi o último dos 16 times do Paulistão a balançar as redes.

– Estou trabalhando para ajudar. Temos um belo grupo. A maioria é jovem e de qualidade. Estamos trabalhando para conseguir os objetivos. A vitória dá moral e tranquilidade para pensar no Corinthians. Tem pouco tempo. É descansar para fazer mais um bom jogo contra um time qualificado. Vamos medir forças e temos totais condições de sairmos vitoriosos – afirmou.

De acordo com o técnico Dorival Júnior, a tendência é que o São Paulo repita o time das últimas partidas. A situação de Cueva, no entanto, está indefinida e nas mãos da diretoria. Nos bastidores, dirigentes do clube dizem que as chances de o peruano entrar em campo no Majestoso são pequenas.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte

Publicada em 22/02/2018, às 21:23

Usados só um tempo em Itu, Nenê e Diego Souza treinam no São Paulo

No dia seguinte à derrota para o Ituano, os dois foram os únicos titulares na linha que trabalharam no CT da Barra Funda, de olho no duelo de domingo, contra a Ferroviária

(Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

CLIQUE AQUI e receba notícias do São Paulo direto no seu Messenger.

No dia seguinte à derrota por 2 a 1 para o Ituano, Diego Souza e Nenê foram os únicos titulares do São Paulo que participaram do treino desta quinta-feira, no CT da Barra Funda. Ambos foram sacados no intervalo da partida dessa quarta-feira e, por isso, foram usado na atividade, fechada à imprensa.



Somente quem atuou por mais de 45 minutos realizou trabalho regenerativo. Por isso, tanto Diego Souza e Nenê quanto Valdívia e Tréllez, que entraram nos seus lugares em Itu, treinaram ao lado dos reservas na tarde, que teve a definição da permanência de Dorival Júnior à frente da equipe.

O clube divulgou que o técnico usou a atividade para enxergar opções de mudança para enfrentar a Ferroviária, no domingo, no Morumbi. O Tricolor tem dois desfalques certos: o volante Jucilei, que teve contratura na coxa direita, e o lateral-esquerdo Reinaldo, suspenso - a tendência é que Petros, que cumpriu suspensão, volte ao meio-campo, e Edimar reapareça na lateral.

Dorival dividiu o grupo em dois times, que se enfrentaram sob exigência de movimentação e trocas rápidas de passes. Na atividade, quem passava da linha na intermediária saía frente a frente com o goleiro e era obrigado a finalizar.



Na manhã desta sexta-feira, com a entrada liberada para a imprensa, o São Paulo volta a trabalhar, de olho no duelo de domingo. No sábado, em treinamento fechado, o time realiza a última atividade antes de tentar a recuperação no Campeonato Paulista - vem de duas derrotas seguidas e é o terceiro time que mais perdeu na competição.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!