Publicada em 25/01/2018, às 21:39

Goleiro do Atlético-MG tenta justificar derrota para Villa Nova

Victor enfatiza que o desempenho ruim da equipe é por conta da falta de entrosamento e da má qualidade do gramado no Estádio Castor Cifuentes

(Foto: Bruno Cantini)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Atlético direto no seu Messenger.

No duelo entre Atlético-MG e Villa Nova pela terceira rodada do estadual, o Leão levou a melhor. Com gol de Daniel Morais de pênalti, a equipe da casa venceu por 1 a 0, em Nova Lima. O Galo, com time considerado reserva, decepcionou os torcedores, que aos gritos pediram pela escalação do elenco titular.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





Vale lembrar que o Alvinegro joga com time principal e alternativo no Campeonato Mineiro, por causa de uma estratégia do técnico Oswaldo de Oliveira. O treinador divide os jogadores com o intuito de preparar melhor os atletas na pré-temporada.

O goleiro Victor, que atua nos dois grupos, titular e reserva, tentou explicar a derrota. O arqueiro atrelou o mal desempenho da equipe alternativa com a falta de entrosamento do time e as condições do gramado.

- Falta um pouco de entrosamento, porque foi apenas o segundo jogo dessa equipe. A gente não pode achar que está tudo errado, tem que trabalhar para evoluir todo mundo. Aliado a dificuldade, pelo fato da gente não ter jogado junto, o gramado também não favorece o toque de bola. Não é dar desculpas, mas isso também acaba atrapalhando. A gente não conseguiu fazer a leitura adequada para conseguir sair daqui com o resultado positivo - afirmou o jogador.

Para o próximo jogo, o treinador Oswaldo de Oliveira deve escalar o time principal. No domingo, o Atlético-MG enfrenta o Patrocinense, no Independência, às 17h. O jogo é válido pela quarta rodada do Campeonato Mineiro.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!

Publicada em 23/02/2018, às 18:38

Treino indica titulares do Galo poupados antes de jogo pela Copa do Brasil

CLIQUE AQUI e receba notícias do Atlético direto no seu Messenger.

Neste domingo o Atlético-MG enfrenta o Tupi, às 17h, pela Campeonato Mineiro, em Juiz de Fora. Para o duelo válido pela oitava rodada do Estadual, o Galo deve jogar com uma equipe reserva, já que na próxima semana o clube tem compromisso pela terceira fase da Copa do Brasil, contra o Figueirense, em Florianópolis.



Pela atividade realizada nesta sexta-feira à tarde, na Cidade do Galo, o técnico interino Thiago Larghi optou por uma escalação alternativa. O time foi formado por Cleiton, Samuel Xavier, Iago Maidana, Matheus Mancini e Danilo; Arouca, Gustavo Blanco, Tomás Andrade e Cazares; Luan e Carlos.

Além do jogo de ida pela terceira fase da Copa do Brasil, a próxima semana tem outro importante compromisso para o Atlético, o clássico com o Cruzeiro, pelo Campeonato Mineiro.

Com 11 pontos conquistados no Estadual, o Galo tem situação bem encaminhada para se classificar às quartas de final do torneio. Por outro lado, o rival celeste tem 19 pontos, que praticamente tira a equipe alvinegra da disputa pelo primeiro lugar, que dá vantagens nas etapas seguintes da competição.




O Atlético ainda faz mais um treino antes de enfrentar o Tupi. No entanto, como é costume na Cidade do Galo, a atividade vai acontecer sem a presença da imprensa.

Conteúdo publicado originalmente no site UOL Esporte