Publicada em 24/01/2018, às 11:50

De olho na Liberta, Vasco encara a Cabofriense com time alternativo

Zé Ricardo colocará o Cruz-Maltino com nomes então reservas nesta quarta-feira para poupar os titulares devido a partida de estreia na Libertadores semana que vem

(Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Vasco direto no seu Messenger.

A uma semana da estreia na Conmebol Libertadores, o Vasco já está focado na competição. Para chegar com força máxima contra o Universidad Concepción, quarta-feira da semana que vem, no Chile, o técnico Zé Ricardo optou em colocar nesta quarta, às 17h (de Brasília), contra a Cabofriense, em Bacaxá, um time alternativo. Os principais jogadores do Cruz-Maltino serão poupados, dando chance para os garotos da base.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





O site do LANCE! transmite a partida válida pela terceira rodada da Taça Guanabara em tempo real. Uma das posições que será poupada é a de goleiro. Gabriel Félix assume a vaga de Martin Silva e sabe da responsabilidade por conseguir os três pontos. O defensor, cria das categorias de base do Vasco, destacou que precisa aproveitar a chance dada pelo técnico Zé Ricardo.

- É muito importante o jogo desta quarta-feira. Sabemos que o Martin Silva é nosso ídolo. Mas sempre que tenho a chance tenho de aproveitar. Tive uma experiência muito boa no fim do ano passado. É continuar o trabalho - destacou Gabriel Félix em entrevista coletiva após o treino na noite da última terça-feira.

Este time alternativo do Vasco já estava previsto e a primeira chance de apresentarem serviço será logo nesta quarta. No fim de semana ainda terá o clássico com o Flamengo antes da viagem para o Chile, onde o Cruz-Maltino estreia na quarta na Libertadores. Os torcedores vascaínos estarão presentes para apoiar pois mesmo com time misto, o Campeonato Carioca não será esquecido e segue em pauta na busca de mais uma conquista.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!

Publicada em 23/02/2018, às 13:47

Zé Ricardo recebe proposta tentadora do Al-Ahli e pode deixar o Vasco

CLIQUE AQUI e receba notícias do Vasco direto no seu Messenger.

O técnico Zé Ricardo pode deixar o Vasco. O comandante recebeu uma proposta tentadora do Al-Ahli, dos Emirados Árabes, e terá uma conversa definitiva com a diretoria. Os valores estão muito acima do que o Cruzmaltino pode pagar.



O contrato seria de R$ 23 milhões por três anos. No Vasco, o treinador recebe salário de cerca de R$ 170 mil, consideravelmente inferior ao que foi oferecido pelo Ah-Ahli.

A conversa é para um aumento salarial e ampliação do vínculo até dezembro de 2019. Zé Ricardo, desta forma, passaria a receber vencimentos na casa de R$ 250 mil, ainda bem abaixo do que os árabes acenam.

O Vasco mostrará ao profissional a sua importância no processo de reestruturação do futebol do clube e afirmará que a continuidade em São Januário é fundamental para o projeto idealizado pela nova direção.



Conteúdo publicado originalmente no site UOL Esporte