Publicada em 23/01/2018, às 15:20

Após acidente de carro, Léo Percovich volta a comandar sub-20 do Fluminense

Ex-goleiro e atual técnico da base, o uruguaio estava longe de Xerém desde o dia 16 de dezembro, quando sofreu um acidente de carro em Minas Gerais, que vitimou suas duas filhas

CLIQUE AQUI e receba notícias do Fluminense direto no seu Messenger.

Pouco mais de um mês após o acidente de carro que vitimou suas duas filhas, Léo Percovich voltou a Xerém nesta terça-feira. O ex-goleiro e atual técnico da equipe sub-20 do Fluminense comandou treino e recebeu apoio dos meninos da base em seu retorno.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





Garotos da base recebem Léo Percovich (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)



Enquanto esteve afastado, Léo foi substituído pelo coordenador técnico Marcelo Veiga, que preparou o grupo para a Copa São Paulo de Futebol Júnior. Na volta a Xerém, o uruguaio apareceu com o braço imobilizado.




Agradecimento e homenagem

Há alguns dias, o técnico do sub-20 tricolor usou as redes sociais para agradecer ao Fluminense e à torcida pelo apoio:

- Sou planamente grato a Deus por trabalhar em uma instituição que possui, além dos valores desportivos, valores morais e humanos acima de tudo. Pela honra e compromisso que tenho junto ao clube e à torcida, que só têm me incentivado a erguer a cabeça e me recuperar, na próxima semana estarei de volta para continuar o trabalho projetado.

Léo também postou uma homenagem às filhas. Confira:

Aprendi o que é o amor puro e verdadeiro. Aprendi no teu crescimento o que é sentir o medo de verdade. Aprendi ao seu lado dia a dia que se pode ser feliz todos os dias. Aprendi que na inocência estão as mais puras e profundas perguntas e respostas. Aprendi te observando que o olhar acaricia e o sorriso abraça. Aprendi com a tua presença que o universo não é infinito. E que a única coisa real, eterno e verdadeiro é o amor...

E agora ao sair me ensinam algo que eu acreditava ter aprendido, a coragem, mas descubro que o tinha confundido com impulso passional, porque coragem verdadeiro é aquele que é preciso agora para silenciar a mente quando esta não para de torturar... para acordar quando. Na verdade gostaria de dormir eternamente... para continuar a caminhar para a frente, quando na verdade você gostaria de pular para trás... e o mais difícil ainda, o de manter-se no mesmo caminho pelo mesmo caminho, quando aparecem tantos atalhos para tomar, mas Bem que por honra e caráter deve continuar firme, passo a passo na mesma rota para o mesmo destino sem perder a dignidade.

Obrigado Valentina, obrigado Antonella, nosso amor eterno jamais nos separará.


Léo em seu retorno a Xerém (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)



O acidente

No dia 16 de janeiro, Léo Percovich sofreu um grave acidente de carro em Santos Dumont (MG), no km 743 da BR-040. Ele estava a passeio de carro com a esposa e três filhos, quando o veículo caiu de uma ponte de 20 metros de altura no Bairro do Glória.

A filha caçula do casal, de 5 anos, e a mais mais velha, de 10 anos, não resistiram aos ferimentos e faleceram. Já o filho de 8 anos e a esposa permaneceram internados até o dia 3 de janeiro.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte

Publicada em 09/02/2018, às 09:21

Airton pegando ritmo, De Amores discreto nos treinos: como estão os reforços do Flu

Após oito meses parado em razão de cirurgia no tornozelo, volante está próximo de ter condições de jogo. Goleiro uruguaio tem se esforçado nos treinos, mas não a ponto de brigar por titularidade

Volante Airton em treino do Fluminense (Foto: Lucas Merçon)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Fluminense direto no seu Messenger.

O Fluminense fez seis contratações para a temporada 2018 até o momento. Os primeiros, Gilberto e Jadson, já vestiram a camisa e, inclusive, são titulares. Airton e De Amores chegaram depois e ainda não estrearam. Enquanto Léo e Rodolfo aguardam trâmites burocráticos para serem anunciados.



A comissão técnica do Tricolor aproveita o período sem jogos para colocar todos os reforços à disposição do treinador Abel Braga. O GloboEsporte.com traz um resumo da situação atual de cada um.

Airton
O volante fez uma preparação especial quando chegou. Tudo porque estava voltando de uma grave lesão - fraturou a fíbula em junho do ano passado quando ainda jogava no Botafogo e precisou ser submetido a cirurgia. Anunciado no meio de janeiro, trabalhou a parte física em separado durante algumas semanas e, no momento, treina normalmente com bola, participando das mesmas atividades de todo o grupo.

Inclusive, participou do jogo-treino contra o Resende, na última terça-feira. Entrou no 2º tempo da vitória por 1 a 0. Tem chances, remotas, de estrear contra o Salgueiro, dia 15/02 pela Copa do Brasil. Como retorna de um período longo de inatividade, a comissão técnica tricolor adota uma postura mais cautelosa e só deve lançar o jogador na Taça Rio, para que o volante pegue mais ritmo antes nos treinos.



De Amores
Guillermo de Amores foi contratado após mobilização da torcida na internet e de cara virou xodó dos tricolores. Porém, o jovem goleiro ainda pode demorar um pouco a ter uma oportunidade no gol tricolor.

O uruguaio de 23 anos está à disposição do técnico Abel Braga - manteve a forma física durante o período que passou no Boston Rivers após se desligar do Liverpool-URU. Foi mais um que participou do jogo-treino contra o Resende. Assim como Airton, entrou no 2º tempo.

Uruguaio Guillermo de Amores, goleiro do Fluminense (Foto: Lucas Merçon / Fluminense)



Entretanto, apesar de estar demonstrando disposição nos treinos, tecnicamente não tem tido performances de chamar a atenção a ponto de brigar com Júlio César por uma vaga de titular. Além disso, ganhará em breve a concorrência de mais um goleiro, Rodolfo.

Rodolfo
E por falar em Rodolfo, o goleiro de 26 anos, que seria titular no Atlético-PR, fez a pré-temporada no Furacão e, por isso, também chegou ao Flu em forma. Já está treinando com o grupo desde quarta-feira. Por questões burocráticas, ainda não foi anunciado oficialmente. Mas assim que for regularizado estará em condições de ser aproveitado por Abel.

Léo
Já o lateral-direito Léo ainda demorará um pouco mais de tempo para ficar à disposição. O jogador de 26 anos, que disputou o último Brasileirão pelo Coritiba, não fez pré-temporada este ano. Ele começou a treinar com o grupo do Flu no fim da semana passada e ainda precisará de mais alguns dias para alcançar a mesma condição do restante do grupo.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte