Publicada em 21/01/2018, às 13:52

Pedindo passagem: como Ibañez encantou Abel e ganhou a vaga no time do Flu

Surpresa na escalação no empate em 0 a 0 com o Botafogo, jovem defensor de 19 anos balançou as redes, chegou a chorar na comemoração, mas gol foi anulado

CLIQUE AQUI e receba notícias do Fluminense direto no seu Messenger.

Se a ausência de Henrique Dourado no clássico contra o Botafogo já era sabida, a surpresa da escalação do Fluminense ficou por conta do zagueiro Ibañez, que ganhou a vaga de Reginaldo no time titular.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





E o jovem gaúcho de 19 anos aproveitou bem a chance. Fez ótima apresentação no empate em 0 a 0 e teria balançado a rede pela primeira vez com a camisa tricolor, caso o árbitro não tivesse anulado o gol por falta de Renato Chaves em João Paulo. Um anticlímax para o jogador, que chegou a chorar na comemoração.


- A emoção bateu. Seria o primeiro gol pelo Fluminense. Infelizmente o juiz anulou. Mas vamos focar, em busca de outras vitórias e outros gols - disse Ibañez


Atuação que fez o técnico Abel Braga rasgar elogios na coletiva de imprensa e já garanti-lo na partida seguinte, na próxima quarta-feira, contra a Portuguesa-RJ.

- O menino foi disparado o melhor jogador em campo. Não só por ter feito o gol que não valeu. O que ele jogou foi uma barbaridade - reconheceu Abel.


- Para o próximo jogo, se você quiser colocar um escalado você coloca o Ibañez - brincou o treinador na coletiva


Mas como o jovem zagueiro oriundo da base, que tinha sido relacionado para apenas cinco jogos em 2017 e sequer tinha estreado, virou titular absoluto com apenas uma partida?

Oportunidade em esquema com três zagueiros

Com a intenção de implantar o 3-5-2 no time do Flu em 2018, Abel pediu à diretoria a contratação de um zagueiro canhoto para jogar pelo lado esquerdo. Enquanto seu pedido não era atendido, passou a experimentar o Ibañez na função durante a passagem tricolor pelos EUA para o Torneio da Flórida.

- Eu queria um zagueiro canhoto e, provavelmente virá. Mas hoje, só se ele (Ibañez) entregar a posição. Senão, ele não sai mais. A chance aparece e não avisa não.

Abel gostou do que viu nos treinos. A primeira chance foi na partida contra o PSV. Ibañez entrou no lugar de Reginaldo, mostrou segurança e ainda deu passe para o gol de Robinho. A vaga de titular começava a ser conquistada.

Com a estreia no Carioca muito em cima do retorno dos EUA, Abel preferiu manter Ibañez na Flórida e observá-lo contra no jogo contra o Barcelona-EQU, na segunda. Enquanto Reginaldo foi um dos dez jogadores que retornou mais cedo ao Brasil, para atuar no time alternativo, formado por reservas e jogadores do Sub-20, na última quarta-feira, contra o Boavista.

Volante de formação

Outro característica de Ibañez que encheu os olhos de Abel foi a versatilidade. O jovem de 19 anos é volante de formação. Atuava nessa posição no PRS, do Rio Grande do Sul, e no Sergipe, times onde passou pela base antes de seguir para Xerém e ser colocado como zagueiro.

A capacidade de atuar nas duas posições abre possibilidades para Abel mudar o jeito do Fluminense jogar no meio de uma partida.

- No jogo que eu passei ele para volante, ele se saiu muito bem. Você precisa de um plano B. Ele é o jogador que se tiver que mudar o esquema durante a partida sem substituir, ele é quem faz a função de volante eu não tendo o Richard - explicou Abel.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte

Publicada em 21/02/2018, às 14:49

Atacante Romarinho está de saída do Fluminense

Jogador foi contratado em agosto de 2017 a pedido do técnico Abel Braga

Indicado por Abel Braga, Romarinho não convenceu (Foto: Lucas Merçon/Fluminense F.C.)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Fluminense direto no seu Messenger.

Contratado em agosto de 2017, a pedido do técnico Abel Braga, após se destacar pelo Globo-RN no duelo com o Fluminense, pela Copa do Brasil, Romarinho está de malas prontas para ir embora das Laranjeiras. Sem espaço na equipe e com contrato vigente até 31 de maio, seus empresários conversam com a diretoria para antecipar o distrato.



Contratado por empréstimo com opção de compra, Romarinho, em quase seis meses, jamais caiu nas graças da torcida foram oito jogos, apenas um como titular, e nenhum gol marcado. A expectativa é que a rescisão do atacante aconteça nos próximos dias. Enquanto isso, ele tem treinado à parte.

Conteúdo publicado originalmente no site O Dia