Publicada em 20/01/2018, às 13:07

Lesões tiram os dois laterais de combate e impedem Odair de escalar Inter "ideal"

Dudu (desconforto muscular) e Uendel (contusão no joelho esquerdo) viram baixas logo na estreia no Gauchão e obrigam técnico a mudar formação colorada

Uendel defalca o Inter por ao menos 10 dias e abre lacuna na lateral esquerda (Foto: Eduardo Deconto)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Internacional direto no seu Messenger.

Em uma de suas medidas primordiais para traçar os rumos do Inter neste início de 2018, Odair Hellmann logo tratou de definir sua formação titular ainda na primeira semana de pré-temporada. Mas o treinador tardará a colocar em prática, no campo de jogo, a escalação que considera ideal ao Colorado, graças à série de lesões que o fez perder seus dois laterais logo na primeira rodada do Campeonato Gaúcho. E ambos devem ser baixas ao menos até a 3ª rodada do estadual.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





O comandante, aliás, teve de adaptar seu time antes mesmo da estreia na temporada. Escalado na lateral direita desde o início dos treinamentos, Dudu era o único dos seis reforços contratados pelo clube a ganhar espaço na equipe... Mas sentiu desconforto muscular na coxa direita e virou baixa de última hora na vitória por 1 a 0 sobre o Veranópolis. Acabou substituído por seu antecessor na posição, Cláudio Winck. Nesta sexta-feira, ainda ficou fora do treino da reapresentação do elenco e não deve estar em campo contra o Novo Hamburgo, no domingo, às 17h, no Estádio do Vale.

Uendel, por sua vez, até atuou, mas resistiu apenas 24 minutos em campo. O lateral-esquerdo sentiu contusão no joelho esquerdo ainda no primeiro tempo de partida e teve de deixar o gramado no carro-maca, para dar lugar a Iago. Nesta sexta-feira, o exame não diagnosticou uma lesão mais séria, mas há o comprometimento no ligamento colateral medial, que o tira de combate por um período entre sete e 10 dias – quando será reavaliado.

– Temos uma ideia inicial (de time), mas o futebol apresenta situações imprevisiveis. O Dudu estava escalado, treinou bem, mas ontem (quarta-feira) sentiu um pequeno desgaste. Agora tem que avaliar. O Uendel também sentiu. Você tem umas definições, mas algumas situações vão acontecendo e vamos ter que ir avaliando para que o time consiga atuações sólidas e consistentes. Alguns jogadores sentiram um pouco na parte clinica. Vamos oportunizar a outros jogadores. Não podemos colocar jogadores para jogar tres jogos em seis dias neste começo – disse o treinador após a vitória por 1 a 0 sobre o VEC.

Dudu desfalcou Inter na estreia e não voltou a treinar pelo clube (Foto: Eduardo Decont



As baixas e a promessa de uma espécie de rodízio diante do calendário atribulado, com três jogos entre a quinta e a próxima quarta-feira, obrigam Odair a oportunizar chances aos reservas, com uma lacuna aberta na lateral direita. A instabilidade e as contestações fazem parte do histórico recente do setor nas últimas temporadas. Em 2017, por exemplo, oito atletas rodaram pela posição, aberta desde o início do ano e, em especial, após a saída de William.

Cláudio Winck foi reintegrado ao elenco principal e encerrou a Série B como titular, mas sob desconfiança da torcida. Na última quinta-feira, chegou a ouvir vaias dos torcedores durante a vitória sobre o Veranópolis. Contratado na temporada, Ruan também deve ser testado por Odair neste início de ano.

Iago será titular do Inter contra o Novo Hamburgo (Foto: Eduardo Deconto)



Na lateral esquerda, Iago abriu o ano respaldado pela diretoria, como única alternativa a Uendel na posição – há ainda Patrick, que é volante de origem, mas também pode atuar no setor. O garoto deve ganhar sequência até a recuperação de Uendel e mira, assim, aproveitar a "chance da vida".

– Infelizmente, o Uendel acabou sofrendo uma lesão. Venho me preparando desde o ano passado. Vou estar sempre à disposição. Eu acho que sim (é a chance da vida). Já vinha trabalhando para essa oportunidade. Vou procurar aproveitar da melhor maneira. Quando voltar, vai ter briguinha boa. Ele com prioridade, mas vou estar aí à disposição do Odair – afirma Iago.

Com o time ainda indefinido, Odair comanda um último treinamento na manhã deste sábado, no CT do Parque Gigante. No domingo, o Inter encara o Novo Hamburgo às 17h, no Estádio do Vale, pela 2ª rodada do Campeonato Gaúcho, provavelmente com preservações em sua escalação. A equipe ocupa a quarta colocação na tabela, com os mesmos três pontos dos líderes, mas fica em desvantagem no saldo e no número de gols.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte

Publicada em 09/02/2018, às 11:32

Antes de folga no Carnaval, Inter se reapresenta com treino físico

Reservas fazem trabalho sob orientações do preparador Cristiano Nunes nesta sexta-feira, no CT do Parque Gigante

CLIQUE AQUI e receba notícias do Internacional direto no seu Messenger.

Após golear o São José por 4 a 0 e convencer a torcida com uma atuação sólida no Beira-Rio, o Inter se reapresentou para treinamentos nesta sexta-feira pela manhã. Sem a presença dos titulares, que realizaram atividades regenerativas, os reservas foram a campo para participar de um trabalho físico aos cuidados do preparador Cristiano Nunes no CT do Parque Gigante. O treino é o último antes dos dois dias de folga de Carnaval, no sábado e no domingo.



Em processo de retreinamento após se recuperar de uma contusão no joelho esquerdo, Uendel participou normalmente do treinamento. A tendência, assim, é de que o lateral-esquerdo fique à disposição para encarar o Juventude na próxima quinta-feira, no Beira-Rio. Ainda sem estrear pelo Inter, Wellington Silva ficou fora da atividade, assim como Nico López, que segue a recuperação de uma gastroenterite.

Sob forte sol e calor à beira do Guaíba, os colorados realizaram corridas e alguns tiros de maior intensidade no gramado, com Cristiano Nunes sempre aos gritos para repassar as orientações aos atletas. O técnico Odair Hellmann apenas observou a movimentação, do lado de fora do gramado.

Após o treino desta sexta-feira, os colorados têm o fim de semana de folga e se reapresentam para trabalhos na segunda-feira. O Inter volta a campo na próxima quinta-feira, às 19h15, quando enfrenta o Juventude, no Beira-Rio, pela 7ª rodada do Gauchão.



Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte