Publicada em 20/01/2018, às 13:34

Feliz por estreia, Gabriel Dias se adapta em meio-campo do Inter: "Me preparei"

Volante entrou na vaga de Camilo no segundo tempo e deu um passe que deixou Leandro Damião cara a cara com o goleiro, mas o centroavante perdeu a chance

Gabriel Dias, volante do Inter (Foto: Ricardo Duarte / Inter, DVG)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Internacional direto no seu Messenger.

Se a atuação do Inter não encheu os olhos, uma estreia surpreendeu. Gabriel Dias não só deu sustentação ao sistema defensivo como apareceu como elemento surpresa durante a vitória por 2 a 1 sobre o Veranópolis na noite da última quinta-feira no Beira-Rio.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





O volante entrou aos 23 minutos do segundo tempo na vaga de Camilo. A troca fez Edenílson ser incumbido de cumprir a função do meia, aberto pela esquerda, enquanto o ex-jogador do Paraná ficou na de Edenílson, com liberdade para chegar ao apoio.

- Me preparei bem. O Inter é muito grande e tem que pensar em títulos. Há expectativa de jogar, dar meu melhor, mas penso no conjunto, o que for melhor para o Inter - destacou.

Seis minutos depois, a ideia de Odair Hellmann surtiu efeito. Gabriel recebeu lançamento de D'Alessandro, avançou em velocidade. Ao perceber a aproximação de Bonfim, rolou para Leandro Damião, que ficou livre, cara a cara com Reynaldo. Só não saiu com uma assistência debitada em sua conta porque o centroavante carimbou o goleiro.

Após a partida, o volante comentou sobre a atribuição recebida do treinador em relação ao que fazia no Paraná:

- É diferente da função que fazia no Paraná. Tenho adaptado o meu jogo cada vez mais. Estou feliz por ter entrado. Mais ainda pela equipe, pelos três pontos. Nos prepararemos bem para o próximo jogo que será difícil.

Dois minutos depois, no entanto, deu um susto. Ao voltar para recompor o sistema defensivo e evitar os avanços da equipe de Julinho Camargo, colocou a mão atrás da coxa direita. Apesar do incômodo, conseguiu seguir na partida.

- Acho que, no segundo pique, na hora em que fui parar, deu uma formigada. Mas, no calor do jogo, você tenta esquecer. Estou bem tranquilo, sem dor - explicou.

Não pareceu mera justificativa. Afinal, quando o Inter era atacado, fechava para cobrir Cláudio Winck e dar suporte a Klaus e Rodrigo Dourado, além de mostrar o fôlego em dia e aparecer como mais uma peça no ataque.

Apesar da atuação, Gabriel Dias sabe que ainda é uma peça para o decorrer das partidas de Odair. O status atual não o preocupa. A extensa quantidade de jogos o faz esperar para ganhar sequência.

- É muito jogo. Sabemos que o calendário brasileiro, infelizmente, é complicado. Ele (Odair) não falou nada ainda. Acredito que todo mundo está preparado para entrar - finalizou.

Com a confiança em alta, Gabriel Dias segue rotina de trabalhos para nova chance. Neste domingo, será alternativa para o embate do Inter com o Novo Hamburgo no Estádio do Vale, na reedição da final do Gauchão do ano passado.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte

Publicada em 23/02/2018, às 18:36

Inter vai com reservas e Wellington Silva como atração contra o São Luiz

(Foto: Ricardo Duarte / Inter, DVG)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Internacional direto no seu Messenger.

O Internacional usará time reserva na próxima rodada do Gauchão. Contra o São Luiz, no domingo, o time será suplente por conta do jogo contra o Cianorte, na próxima quarta-feira, pela Copa do Brasil. Wellington Silva será atração.



Recuperado de uma lesão no púbis, o ex-Fluminense começará como titular pela primeira vez. Até então ele apenas entrou durante as partidas. E pode ter chance na quarta, já que Nico López está suspenso por conta da expulsão diante do Remo.

A opção de usar reservas também leva em conta a longa viagem do Pará ao Rio Grande do Sul após o duelo da última quarta. Portanto, os titulares precisam de descanso.

O provável time do Internacional tem Marcelo Lomba (único titular); Ruan, Rodrigo Moledo, Thales e Uendel; Charles, Gabriel Dias, Juan Alano, Camilo e Wellington Silva; Roger.



Inter e São Luiz jogam no domingo às 17h (de Brasília) no estádio do Vale, em Novo Hamburgo.

Conteúdo publicado originalmente no site UOL Esporte