Publicada em 12/01/2018, às 18:46

Titulares resolvem jogo-treino na parte final, e Cruzeiro vence Ipatinga

Equipe de Mano Menezes consegue a vitória com gols de Rafael Sobis, Léo e Arrascaeta

Rafael Sobis, do Cruzeiro, marcou o primeiro gol do time no jogo-treino (Foto: Gabriel Duarte)

No último teste antes da estreia oficial, o técnico Mano Menezes optou por colocar os jogadores considerados reservas nas duas primeiras partes do jogo-treino com o Ipatinga. Mas foram os titulares, na última parte, que resolveram a partida. Com gols de Rafael Sobis na primeira parte, além de Léo e Arrascaeta, na última, o Cruzeiro venceu o Ipatinga por 3 a 1.

Rafael Sobis abriu o placar com um gol no final da primeira parte. Na segunda parte, Euler empatou o jogo para o Ipatinga. Na última etapa, com os titulares, Léo, de cabeça, após escanteio, e Arrascaeta, após cruzamento, balançaram as redes para a Raposa e definiram o placar.

Foi o último teste do Cruzeiro antes da estreia no Campeonato Mineiro. A equipe encara o Tupi, na próxima quarta-feira, no Mineirão, pelo Estadual. A tendência é que o atacante Fred não estreie, já que o Cruzeiro teme que o atleta não esteja regularizado a tempo.



O jogo-treino
Na primeira parte, o time cruzeirense entrou com: Rafael; Nonoca, Manoel, Digão e Marcelo Hermes; Lucas Silva, Messidoro e Robinho; Rafael Sobis, Rafael Marques e Judivan. O time teve mais dificuldade para manter o volume de criação no campo de ataque, dando chance para o Ipatinga conseguir equilibrar a partida e buscar o gol por meio de jogadas de bola parada e escanteio. Entretanto, no final da etapa, a equipe que irá disputar o Módulo II do Mineiro, passou a deixar mais espaço para o contra-ataque cruzeirense. E foi assim que a Raposa marcou. Rafael Sobis foi lançado, recebeu livre e tocou na saída do goleiro. O único gol da primeira parte.

Já na segunda parte foi a vez do Ipatinga marcar o gol. Aos 15 minutos, após cobrança de escanteio pela direita, o zagueiro Euler subiu na primeira trave e marcou de cabeça. Marcelo Hermes ainda tentou evitar, mas não conseguiu. O Cruzeiro, então, foi para cima. Victor Luiz entrou no lugar de Judivan, e Arthur na vaga de Digão. Com jogadas longas e de bola parada, o time cruzeirense tentou chegar ao empate, mas não obteve êxito.



Na última parte, o time titular entrou em campo com: Fábio; Lucas Romero, Léo, Murilo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral e Bruno Silva; Rafinha, Arrascaeta e Fred. A equipe de Mano Menezes pressionou o Ipatinga, com triangulações do ataque, mas não conseguiu marcar. O time chegou a pedir um pênalti em Henrique, mas o árbitro também não marcou. Nos minutos finais da etapa, prevaleceu a qualidade do Cruzeiro, que decidiu a partida em duas jogadas. Na primeira, Rafinha bateu escanteio da direita, e Léo cabeceou para o gol, fazendo o segundo. O terceiro gol veio com Arrascaeta, que recebeu lançamento na grande área e marcou.




Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte.com