Publicada em 03/01/2018, às 11:34

Cauteloso e atento: Flamengo projeta 2018 se baseando nos erros de 2017

Clube ainda não contratou nenhum atleta e apenas Darío Conca deixou o clube

Paquetá foi um dos pontos positivos do clube em 2017 (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Diferente da última temporada, quando o primeiro reforço foi Trauco, anunciado na metade de dezembro, o Flamengo está adotando uma postura diferente para 2018. Sem ter tanta pressa e atento ao mercado, o clube está analisando nomes e os dois primeiros estão próximos de ser para defesa. O lateral Zeca e o zagueiro Pablo, ex-Corinthians têm grandes chances de vestir a camisa rubro-negra na atual temporada.

Muitos nomes foram especulados no Flamengo durante o fim de ano, mas de fato o clube só procurou por esses atletas, além de Walace, volante ex-Grêmio, que atualmente está no futebol alemão e por Fred, atacante que esteve próximo de acerto, mas voltou para o Cruzeiro, clube que o revelou.

A indefinição de Rueda também atrasou um pouco o planejamento do clube. O comandante tem proposta da seleção chilena e nas últimas semanas não falou nada, nem se fica, nem se deixa o clube para 2018.



O Flamengo confia na permanência de Reinaldo Rueda e o vice-presidente, Ricardo Lomba, garantiu que todos estão esperando pelo retorno do treinador. Outro que também permanece é Rodrigo Caetano, que nos bastidores já trabalha com nomes para reforços e também analisa algumas saídas.

Até o momento, único atleta que deixou o clube foi o argentino Conca, que só jogou 27 minutos pelo Rubro-Negro. Nomes como o de Márcio Araújo, Mancuello e Alex Muralha estão na lista de alguns clubes e permanências para 2018 não estão garantidas.



Conteúdo publicado originalmente no site Lance!