Publicada em 29/12/2017, às 17:50

Vaz reconhece críticas ao estilo de jogo, mas avisa: 'Treinadores pedem'

Aproveitando as férias, o zagueiro aproveitou para falar do ano de 2017. Camisa 33 revelou que até mesmo alguns dirigentes não aprovam maneira de atuar saindo pro jogo

Rafael Vaz teve um 2017 de altos e baixos no Flamengo (Gilvan de Souza / Flamengo)

Um dos jogadores mais contestados pela torcida do Flamengo em 2017, o zagueiro Rafael Vaz falou sobre as críticas que recebeu pela sua maneira de jogar e revelou que até mesmo alguns dirigentes do clube são contra, mas garantiu que recebe o apoio da maioria para fazer o melhor trabalho possível.

- Tenho que me adaptar em algumas situações, ainda mais falando de Flamengo. A torcida e até mesmo alguns dirigentes não aprovam meu jeito de jogar, mas eu também tenho apoio da grande maioria em fazer melhor. Vou estar procurando ajudar sempre da melhor forma possível

O zagueiro de 29 anos reconheceu que o número de pessoas que acham irresponsabilidade é grande, mas sair jogando é uma das coisas que os técnicos mais pedem para ele e para os outros zagueiros.



- Claro que tem muita gente que acha até um pouco de irresponsabilidade tentar sair jogando. Mas, como muitos treinadores pedem, acho que não existe mais no futebol o zagueiro que só sabe dar chutão, que só se preocupa em marcar. O jogo começa lá atrás. Eu tento fazer o meu melhor, que é sair jogando com mais qualidade, às vezes posso até errar, mas é complicado. A gente paga pela autoconfiança.

Rafael Vaz tem contrato com o Flamengo até o fim do ano que vem e na atual temporada entrou em campo 48 vezes. Em 2017, o zagueiro marcou seus dois primeiros gols pelo Rubro-Negro.



Conteúdo publicado originalmente no site Lance!