Publicada em 28/12/2017, às 00:44

Chumbo trocado? Atraso do Cruzeiro para comprar Bruno Silva põe Galo na briga

Atlético-MG conversa com volante, mas evolução no negócio depende de divergência no pagamento de rival aos cariocas; recentemente, já falando como atleta da Raposa, jogador provocou o Galo

Bruno Silva, do Botafogo, entrou na mira do Atlético-MG para a próxima temporada (Foto: Maurício Paulucci)

Fred deixou o Atlético-MG numa sexta-feira à noite e no dia seguinte já assinava com o Cruzeiro. Será a vez de o Galo dar o troco com um jogador que está apalavrado há tempos com a Raposa? O volante Bruno Silva está próximo do Cruzeiro desde a reta final do Campeonato Brasileiro. Isso não é segredo, pois resta o pagamento dos R$ 4 milhões pela liberação do jogador do Botafogo. Porém, a data deste acerto é que tem causado impasse entre as partes. Os cariocas querem receber até o dia 4 de janeiro, e a Raposa estipula pagar no dia 10. Justamente aí que o Atlético-MG entra na jogada. Diante do atraso, o Galo mantém conversas com o staff do jogador, conforme apurou a reportagem do GloboEsporte.com.

Segundo uma fonte ligada ao clube, Bruno Silva agrada por ser um volante que pode atuar em várias posições do meio-campo, além de ter boa capacidade ofensiva e ser uma peça que se encaixaria bem no time do Atlético-MG. O jogador tem vínculo com o Botafogo até dezembro de 2018, sendo necessário o aval do time carioca para fechar com qualquer clube.

O empresário de Bruno Silva, Carlinhos Sabiá, negou que esteja tratando da transferência do jogador para o Atlético-MG.



- Não estou conversando com ninguém do Atlético-MG. O que posso falar do Bruno Silva, conforme conversei com o Itair (Machado) hoje é que a situação precisa ser definida rapidamente, no mais tardar no dia 3 de janeiro. O negócio só estará 100% fechado quando o Cruzeiro pagar, o futebol é muito dinâmico.

Namoro antigo e provocação



Bruno Silva é alvo antigo do Cruzeiro. Ele já negocia com o clube mineiro há muito tempo, chegando a declarar ser torcedor do clube e ter a família cruzeirense. O volante, de 31 anos, foi revelado pelo Villa Nova e depois rodou por vários clubes do país até aparecer bem no Botafogo em 2016. Pelo time carioca, ele fez 60 jogos na temporada 2017, com nove gols e oito assistências.




Recentemente, o jogador teve um vídeo viralizado nas redes sociais (veja abaixo), em que provoca o Atlético-MG e promete que vai atropelar o rival.

- Cheguei! Cruzeirão cabuloso! Vamos atropelar as f****** - diz Bruno Silva na publicação, falando já como jogador do Cruzeiro.


No dia seguinte, em entrevista ao SporTV, por telefone, o volante tentou explicar o vídeo, dizendo que "foi uma brincadeira" e que "não esperava que ia dar tanta repercussão".

- O que aconteceu é que estava na casa da minha avó com um primo meu. A gente faz um jogo no fim de ano aqui, de Cruzeiro e Atlético-MG. Aí, para zoar um amigo nosso aqui, fiz aquela brincadeira, com a possibilidade de vir para o Cruzeiro, mas a gente nem pensou que ia dar essa repercussão toda.

A Ponte Preta também é empecilho no caminho de quem quiser contar com Bruno Silva. O clube de Campinas detém 60% dos direitos econômicos do atleta e quer uma compensação financeira para liberar. O Cruzeiro chegou a colocar jogadores na lista, mas a Macaca prefere a quantia em dinheiro para compensar as dificuldades com rebaixamento à Série B.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte