Publicada em 28/12/2017, às 14:40

Bruno Silva diz que falta pouco para assinar com Cruzeiro, mas admite "voltar" ao Bota

Depois de se considerar praticamente jogador celeste, volante, mais cauteloso, afirma que ainda pertence ao Alvinegro: "Se não pagar dia 10, volto para o Botafogo", diz, sobre os R$ 4 milhões de sua liberação

Após o Jogo das Estrelas, Bruno Silva, que acertou com Cruzeiro, fala de sua situação (Foto: Fred Gomes)

A novela Bruno Silva já teve o volante falando praticamente como jogador do Cruzeiro, a ponto de se declarar torcedor do clube e até provocar o Atlético-MG, que depois entrou na briga pela sua contratação. Agora, o jogador diz faltarem detalhes da forma de pagamento para assinar com a Raposa. Mas admitiu: caso não haja entendimento entre as diretorias, se apresentar ao Botafogo no início da temporada.

Após a participação no Jogo das Estrelas, organizado por Zico na última quarta-feira, Bruno Silva, perguntado se no dia 4 estaria no clube celeste, mostrou-se mais cauteloso.

- Está resolvendo isso, se dia 4 eu me apresento ao Cruzeiro se o Cruzeiro pagar a multa dia 4, ou, se não pagar dia 10, eu volto para o Botafogo. Mas acho que vai resolver até lá, acho que resolve sim - afirmou o volante de 31 anos.



A data do pagamento dos R$ 4 milhões pela liberação do jogador é que tem causado impasse entre as partes. Os cariocas querem receber até o dia 4 de janeiro, e os mineiros estipulam pagar no dia 10. Sonho antigo, Bruno Silva vem negociando com o clube celeste há muito tempo. Chegou a se declarar torcedor e ter a família cruzeirense. Recentemente, num vídeo viralizado nas redes sociais, provocou o Atlético-MG, prometendo atropelar o rival. Mesmo mais comedido agora, ainda acredita que a troca de camisa "está bem encaminhada" e faltam alguns detalhes.

- Olha, ainda não está nada certo. Falta a forma de pagamento. Mas está bem encaminhado. Mas como eu falei, hoje eu sou jogador do Botafogo, tenho contrato com o Botafogo. Mas as diretorias estão conversando. Acho que falta pouca coisa. Mas ainda sou jogador do Botafogo.



Revelado pelo Villa Nova, Bruno Silva passou por várias equipes até aparecer bem no Alvinegro em 2016. Na temporada de 2017, fez 60 jogos, com nove gols e oito assistências, e foi um dos destaques nas campanhas da Libertadores, do Brasileirão e da Copa do Brasil. A demora no acerto da data de pagamento dos R$ 4 milhões fez o Galo entrar na briga pelo volante, segundo apuração do GloboEsporte.com, ainda que o procurador do jogador, Carlinhos Sabiá, tenha negado.




Outro empecilho nas negociações é que a Ponte Preta, detentora de 60% dos direitos econômicos do atleta, já declarou querer uma compensação financeira para liberá-lo. O Cruzeiro chegou a colocar jogadores na lista, mas a Macaca prefere a quantia em dinheiro para compensar as dificuldades com rebaixamento à Série B.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte