Publicada em 28/12/2017, às 16:06

Após "ano duro", Elias aposta em boa pré-temporada para crescer no Galo em 2018

Após dois anos seguidos sem férias, por causa de transferências, volante aproveita descanso para colocar o físico em dia e planeja ano de sucesso no Atlético-MG

Elias, do Atlético-MG, prevê um ano de 2018 melhor (Foto: Laura Bernardes)

O 2017 do torcedor atleticano começou com muita empolgação, principalmente após a contratação de Elias, que foi o principal reforço do time para a temporada. No entanto, após um início de muito sucesso do volante, a equipe caiu de rendimento e terminou o Campeonato Brasileiro fora até da zona de classificação da Libertadores 2018.

Após uma temporada de altos e baixos, Elias espera um 2018 de mais sucesso, e isso passa por uma boa pré-temporada, que, no Atlético-MG, será realizada na Cidade do Galo. Nos últimos dois anos, o volante não conseguiu descansar nas férias, já que esteve envolvido em transações da Europa para o Brasil e do Brasil para a Europa.

- Espero sim fazer a pré-temporada com os demais. Não gosto de explorar em muleta, mas é a minha primeira férias em dois anos. Quando fui para a Europa, fui em junho e não tive férias no final de ano. Quando voltei, voltei em janeiro e não tive as férias do meio do ano nas férias europeia. É muito importante descansar bem. Não parar, continuar treinando, para que possa voltar bem em 2018, fazer uma boa base para o decorrer do ano.



Apesar de parte da torcida ter pegado bastante no pé do volante, principalmente quando o time inteiro caiu de rendimento, ele teve números expressivos. Foram 60 partidas na temporada, com 11 gols marcados com a camisa do Atlético-MG. As boas marcas foram celebradas por Elias, que lamentou o coletivo ruim, prejudicando também o individual.


Esse ano foi um ano duro, muita troca de treinador. Agora teremos uma sequência maior com o Oswaldo. É nítido que ele acertou nosso time




- Sei que uma pequena parte da torcida pega no pé pelas coisas que eu falei, nem pelo rendimento. Fui regular. Nem muito acima, nem muito abaixo dos demais. Atingi essa marca de gols. Fico feliz pelo individual, mas no coletivo a gente deixou a desejar. A gente esperava muitas coisas de nós mesmo, podíamos brigar por títulos grandes na temporada e também que tínhamos time para não ficar dependendo de resultado para entrar na Libertadores. A gente fez a nossa parte, dentro de campo. Muita coisa aconteceu, como a saída dos treinadores. Pelo menos ainda tem a esperança de colocar o time na sexta Libertadores seguidas.




Com Oswaldo de Oliveira já confirmado e os reforços chegando, Elias crê em uma temporada de mais sucesso e com menos trocas no comando técnico.

- Esse ano foi um ano duro, muita troca de treinador. Agora teremos uma sequência maior com o Oswaldo. É nítido que ele acertou nosso time. Não que os outros não fizeram, mas ele conseguiu encontrar um jeito. Ele pegando um trabalho do início, dando a opinião dele também nas contratações, vendo aquilo que ele quer na equipe, 2018 tem um ano para ser muito melhor. Não só para mim, mas para o Galo inteiro - destacou.


A reapresentação do elenco alvinegro está marcada para o dia 04 de janeiro, na Cidade do Galo. A estreia do Atlético-MG na temporada será no dia 17 de janeiro, contra o Boa Esporte, em Varginha.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte