Publicada em 28/12/2017, às 20:59

Abel entende decisão, mas se diz chateado com saída de atletas: "Ficaram expostos"

Por conta de dificuldades financeiras, Tricolor comunicou que Diego Cavalieri, Henrique, Wellington Silva (lateral), Marquinho, Artur, Robert, Higor Leite e Maranhão não fazem parte dos planos para 2018

Abelão comentou saída de atletas (Foto: André Durão/GloboEsporte.com)

Abel Braga se manifestou sobre a liberação de oito jogadores pelo Fluminense. Em férias na Bahia, o treinador se disse chateado pela situação que culminou com a saída de nomes como Diego Cavalieri e Henrique, zagueiro que foi seu capitão em 2017.

- Sei das dificuldades que o clube enfrenta, está buscando colocar a casa em ordem e o menor culpado nisso é o jogador. Fico chateado pelos atletas, que ficaram expostos. O respeito que tenho por todos eles é muito grande, principalmente porque sempre me ajudaram e honraram a camisa do Fluminense - disse o treinador ao GloboEsporte.com.

O Tricolor anunciou, na tarde desta quinta-feira, que o goleiro, o zagueiro e outros seis ateltas não fazem parte dos planos para 2018: Wellington Silva (lateral), Marquinho, Artur, Robert, Higor Leite e Maranhão completam a lista. A ideia é, com rescisão amigável, diminuir custos e não atrasar salários na próxima temporada. A economia estimada é de R$ 20 milhões por ano.



- Não sou gestor do clube, sou gestor do campo. E é uma diferença muito grande. Não opino sobre problemas financeiros, não faço parte disso, não entro nessa área. Procuro fazer o melhor time possível com o que tenho em mãos - completou Abelão.

O Fluminense se reapresenta em 3 de janeiro. No dia 9, viaja aos Estados Unidos para participar do Torneio da Flórida.



Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte