Publicada em 27/12/2017, às 10:42

Veja um balanço sobre a temporada 2017 no futebol brasileiro

Grêmio, Corinthians, Cruzeiro e América-MG conquistaram as principais taças do ano

Campeonato Brasileiro: Desacreditado no começo da temporada, o Corinthians surpreendeu e ficou com o heptacampeonato em 2017

Que tal recapitularmos o que aconteceu ao longo de 2017 no futebol brasileiro? Todos se lembram do título do Corinthians na Série A do Brasileirão, afinal, o torneio terminou no começo deste mês. Duvido que você se lembre de todos os vencedores e fracassados. Vamos à retrospectiva, segundo o Oddsshark.com.

Estaduais e Regionais

O principal Campeonato Estadual é o Paulistão. O Corinthians assistiu ao alto investimento do Palmeiras, não se intimidou, comeu pelas beiradas e levantou a taça, deixando o vice para a Ponte Preta. O 1 a 1 da decisão rendeu R$ 3,31 / um, segundo o Oddsshark.com.



No Rio, o Fluminense ficou com a Taça Guanabara e o Vasco da Gama com a Taça Rio. Mesmo assim, por conta do confuso regulamento o proclamado “Rei do Rio” foi o Flamengo. Vale o registro que após 25 anos, o Goytacaz retornou à elite, junto com o America.

No Gauchão, o Novo Hamburgo surpreendeu a dupla Gre-Nal e deu sua primeira volta olímpica da história.



Em Minas Gerais, o Atlético se impôs frente ao Cruzeiro. Nas finais, aconteceram um 0 a 0 (R$ 3,18 / um), no Mineirão, e um 2 a 1 (R$ 2,16 / um), no Independência.




No Nordestão, o Bahia passou com facilidade pela fase de grupos e depois desclassificou Sergipe, Vitória e Sport no mata-mata. O Tricolor se tornou o “Senhor do Lampions League”.

Os demais campeões estaduais e regionais foram: ABC, Altos-PI, Atlético-AC, Atlético Itapemirim-ES, Botafogo-PB, Brasiliense, Ceará, Chapecoense, Confiança, Coritiba, Corumbaense, CRB, Cuiabá, Goiás, Interporto-TO, Londrina (Primeira Liga), Luverdense (Copa Verde), Manaus, Nacional (Paulista A-3), Paysandu, Real Ariquemes, Sampaio Corrêa, Santos-AP, São Caetano (Paulista A-2), São Raimundo-RR, Sport e Vitória.


Quinto título de Copa

Ao eliminar Volta Redonda, São Francisco-PA, Murici-AL, São Paulo, Chapecoense, Palmeiras e Grêmio, o Cruzeiro se credenciou para decidir a Copa do Brasil com o Flamengo. No jogo de ida, no Maracanã, mineiros e cariocas empataram por um gol (R$ 2,98 / um). Em Belo Horizonte, eles não conseguiram desempatar no tempo regulamentar. O 0 a 0 pagou R$ 3,06 / um, segundo o Oddsshark.com. A Raposa foi campeã nos pênaltis: 5 a 3. A conquista credenciou o Azul Celeste para a próxima edição da Libertadores.

Corinthians, o melhor do Brasil

Não adianta chorar, nem reclamar! O Corinthians entrou para a história nacional do velho esporte bretão por se tornar o melhor time do país de 2017. Depois de receber a medalha de ouro pelo Campeonato Paulista, os alvinegros também terminaram em primeiro lugar na Série A do Brasileirão. Foram 72 pontos conquistados em 38 rodadas, nove a mais que Palmeiras e Santos. Um dos melhores duelos da campanha aconteceu em 05 de novembro, quando o Timão derrotou o arquirrival Palmeiras por 3 a 2 (R$ 2,34 / um).

Grêmio, Flamengo, Vasco da Gama e Chapecoense se classificaram para a Taça Libertadores da América de 2018, junto com o Mosqueteiro, claro! Atlético-MG, Botafogo, Atlético-PR, Bahia, São Paulo e Fluminense carimbaram seus passaportes para a Copa Sul-Americana. Já Coritiba, Avaí, Ponte Preta e Atlético-GO pegaram o elevador que desce para a segundona.

Quem substitui os quatro degolados? O campeão da segundona foi o América-MG, que já havia erguido este troféu em 1997. O Coelho retorna à elite após uma só temporada no andar de baixo. A partida que entrou para os almanaques do futebol foi o 1 a 0 sobre o CRB (R$ 1,36 / um). O todo poderoso Internacional também foi promovido, com o segundo lugar. Os outros dois que sobem são Ceará e Paraná.

ABC, Luverdense, Náutico e Santa Cruz caíram para a Série C e cedem seus lugares a CSA, Fortaleza, Sampaio Corrêa e São Bento.

Só o Real Madrid para parar o Grêmio

Na Libertadores, o Grêmio atropelou Zamora (da Venezuela), Deportes Iquique (do Chile), Guaraní (do Paraguai), Godoy Cruz (da Argentina), Botafogo, Barcelona e Lanús para chegar ao Mundial Interclubes. As finais contra a pequena agremiação argentina terminaram em 1 a 0 (R$ 1,70 / um) e 2 a 1 (R$ 3,52 / um), sempre a favor do Tricolor.Atlético-MG, Atlético-PR, Chapecoense, Flamengo, Palmeiras, Santos foram os outros brazucas na competição.

Nos Emirados Árabes, o Grêmio passou pelo Pachuca (1 a 0 na prorrogação e R$ 3,56 / um), mas foi parado por Cristiano Ronaldo e companhia (1 a 0 e R$ 1,26 / um). Os comandados por Renato Gaúcho se sagraram vice-campeões mundiais.

Outro vice para o Flamengo

Se não bastasse o vice da Copa do Brasil, a nação rubro-negra amargou outra derrota em finais. Foi na Copa Sul-Americana: Independiente 2 a 1 (R$ 1,83 / um), em Avellaneda, e 1 a 1 (R$ 3,39 / um), na Cidade Maravilhosa.

Os outros representantes da nação descoberta por Pedro Álvares Cabral nesta contenda foram Chapecoense, Corinthians, Cruzeiro, Fluminense, Ponte Preta, São Paul e Sport.

Leia mais em Futebol Latino.

Classificação do Brasileirão:

Corinthians – 72 – Campeão + Taça Libertadores (fase de grupos).

Palmeiras – 63- Taça Libertadores (fase de grupos).

Santos – 63- Taça Libertadores (fase de grupos).

Grêmio – 62 – Taça Libertadores (fase de grupos).

Cruzeiro – 57 – Taça Libertadores (fase de grupos).

Flamengo 56- Taça Libertadores (fase de grupos).

Vasco da Gama – 56 – Taça Libertadores (fase preliminar).

8º Chapecoense – 54 – Taça Libertadores (fase preliminar).

Atlético-MG – 54 – Copa Sul-Americana.

10º Botafogo – 53 – Copa Sul-Americana.

11º Atlético-PR – 51 – Copa Sul-Americana.

12º Bahia – 50 – Copa Sul-Americana.

13º São Paulo – 50 – Copa Sul-Americana.

14º Fluminense – 47 – Copa Sul-Americana.

15º Sport – 45

16º Vitória – 43

17º Coritiba – 43 – 2ª Divisão.

18º Avaí – 43 – 2ª Divisão.

19º Ponte Preta – 39 – 2ª Divisão.

20º Atlético-GO – 36 – 2ª Divisão.

Conteúdo publicado originalmente no site Futebol Latino