Publicada em 26/12/2017, às 14:23

Flamengo tenta reduzir pedida do Bordeaux para acertar com Pablo

Rubro-Negro encaminha acerto com estafe do jogador e quer diminuir pedida do clube francês para contar com o zagueiro, campeão brasileiro pelo Corinthians, em 2017

(Foto: Pablo Daniel Augusto Jr)

Em busca de seu primeiro reforço para 2018, o Flamengo negocia com o Bordeaux o valor e as condições de pagamento para ter o zagueiro Pablo - campeão brasileiro e paulista pelo Corinthians -em seu elenco.

As conversas do Flamengo com o clube francês começaram há algumas semanas, e, inicialmente, a diretoria do Rubro-Negro não acenou com a possibilidade de pagar os R$ 12 milhões pedidos pelo Bordeaux. Além de diminuir o valor, o Fla deseja parcelar a compra. Com o recesso de fim de ano, a negociação entre brasileiros e franceses deve se estender até os primeiros dias de janeiro antes de ter um desfecho - seja positivo ou negativo.

A informação foi publicada pelo "Uol" e confirmada pelo LANCE! nesta terça. A diretoria do Flamengo tem como política não comentar a movimentação do clube no mercado e não confirma a negociação pelo zagueiro de 26 anos, que tem contrato válido com o Bordeaux até 30 de junho de 2019.



Entre o Flamengo e o jogador, o acordo já está encaminhado. Salário, luvas e tempo de contrato propostos pelo clube foram aceitos após uma conversa. A expectativa de uma temporada de conquistas foi um atrativo para o atleta.

Pablo chegou ao Corinthians no início de 2017. Ao lado de Balbuena, foi titular absoluto da equipe que conquistou os títulos do Paulista e do Brasileirão. O clube queria sua permanência, mas, mesmo após uma longa negociação, não houve acordo entre o estafe do zagueiro de 26 anos e o Corinthians.



Antes disso, o jogador revelado pelo Ceará havia se destacado atuando pelo Avaí, entre 2013 e 2014, e Ponte Preta, em 2015, quando foi vendido ao clube francês por cerca de R$ 24 milhões. Na temporada 2016-17, Pablo fez 17 partidas como titular pelo Bordeaux antes de ser emprestado ao Corinthians.




AS DIFICULDADES DO FLA NO MERCADO

A diretoria do Flamengo pretende fazer reforços pontuais em seu elenco profissional, mas nenhuma mudança foi feita após o fim da temporada. O clube quer aliviar a folha salarial com a saída de alguns atletas, mas encontra dificuldades no mercado nacional por conta dos altos salários em questão.


Além disso, o Flamengo vive nos últimos dias a incerteza quanto ao futuro de Reinaldo Rueda, nome favorito da federação chilena para assumir o comando da seleção nacional. O treinador, inclusive, já se reuniu com Arturo Salah, presidente da entidade, que definiu a reunião "como muito boa", mas o mandatário reforçou que ainda não houve acordo com o treinador de 60 anos.

A diretoria mantém a confiança na permanência de Rueda, que tem contrato até o fim de 2018 e não notificou o clube sobre qualquer interesse em encerrar o trabalho antes do combinado. Existe multa em caso de rescisão contratual.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!