Publicada em 25/12/2017, às 21:25

Vitor Bueno aceita papel de líder no Santos após saída de referências

Com as saídas de nomes importantes do elenco, como o meia Lucas Lima e o atacante Ricardo Oliveira, o meia acredita que pode ser uma das lideranças do Peixe, clube que defende desde 2015

(Foto: Divulgação)

O santista Vitor Bueno sofreu grave lesão no joelho, no início de julho, o que encerrou sua temporada ainda no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Em fase final de recuperação, o jogador de 23 anos espera que 2018 seja diferente.

Com as saídas de nomes importantes do elenco, como o meia Lucas Lima e o atacante Ricardo Oliveira, o meia acredita que pode ser uma das lideranças do Peixe, clube que defende desde 2015.

“Apesar de ser novo, estou no Santos há dois anos. Disputei campeonatos importantes e passei por momentos difíceis. Posso, sim, ser um líder e ajudar quem vai chegar”, garantiu, em entrevista ao A Tribuna.



Bueno não escondeu que os atletas que deixaram o elenco farão falta, mas mostrou confiança no trabalho da diretoria para reforçar o grupo, que deve ser comandado por Jair Ventura, ex-Botafogo.

“São saídas muito importantes, vão fazer muita falta. Mas tenho certeza de que a diretoria vai se mexer, trazer caras novas e valorizar quem está aqui”, opinou Vitor. Sua última partida foi contra o Atlético-GO, em empate por 1 a 1.



Perto de anunciar Jair Ventura como técnico, o Peixe espera anunciar reforços para a próxima temporada. Os atacantes Robinho e Gabigol são ventilados, assim como Hudson, do São Paulo.




Conteúdo publicado originalmente no site Fox Sports