Publicada em 21/12/2017, às 13:56

Atlético-MG avança em negociação com Palmeiras e fica perto de fechar com Roger Guedes

Garantido na Conmebol Sul-Americana, Galo quer os 100% dos direitos do atacante, que estão fatiados entre Palmeiras (25%) e Criciúma (75%)

(Foto: Jales Valquer/Foto Arena)

O Atlético-MG trabalha intensamente no mercado de transferências. A promessa ao término dos jogos do Campeonato Brasileiro – e a decepção sem uma vaga entre os clubes que vão para a Conmebol Libertadores Bridgestone – era de renovação no elenco. E mais um passo é dado com Roger Guedes. A Gazeta Esportiva apurou que o Galo já se acertou com os clubes donos do passe do jogador. O Palmeiras é proprietário da fatia menor: 25%, mas quem tem o poder da decisão no momento.

O diretor de futebol do clube paulista, Alexandre Mattos, inclusive, já recebeu documentos formalizando a compra e telefonemas do Alexandre atleticano, o Gallo. Por esta parte, o valor será R$ 2,5 milhões. O Atlético tentou em algum momento, desde o início dos tratos, incluir o lateral-direito, Marcos Rocha, por esse trato, algo que foi deixado de lado pela diretoria do Palmeiras.

Os mineiros têm fome e querem os 100% de Roger Guedes. Então a parte do Criciúma, 75%, também será adquirida. O valor, entretanto, ainda está em negociação.



Uma fonte diretamente ligada as negociações confirmou à reportagem que os tratos estão adiantados. O Atlético contará com um apoio especial para ter o jovem jogando pelos lados do campo servindo seus companheiros.

Para viabilizar a contratação, que não será barata, o Atlético conta com a parceria do banco BMG, que prometeu ajudar o clube mineiro em aquisições. Os direitos ficariam divididos entre dois times mineiros: o Atlético-MG e Coimbra-MG, o segundo administrado pela instituição financeira. O perfil de Guedes é aprovado pela investidora que vê futuro no atleta.



Pelo lado do Criciúma, ansiedade. Embora os valores não tenham sido revelados, a verba será boa para o clube que disputará a Série B em 2018.




Já nas bandas do Verdão, alívio. Roger Guedes, apesar de ser considerado uma joia rara, atleta com boa técnica e peça importante de Cuca no título do Campeonato Brasileiro de 2016, seu temperamento é considerado forte. Por isso foi colocado numa lista de peças a serem negociadas.

Em outubro de 2017, ele foi colocado de lado no Verdão e passou a treinar separado. Ele foi cobrado pelos outros jogadores por sua postura dentro do clube. Meses antes, o jovem se envolveu em um problema com o experiente Felipe Melo.


Conteúdo publicado originalmente no site Fox Sports