Publicada em 20/12/2017, às 20:35

Oliveira deixa o Santos: 'Prioridade era permanecer, mas não foi possível'

Presidente José Carlos Peres insistiu no contrato de um ano, mas proposta não agradou o atacante, que recusou e agora está livre no mercado para 2018

Ricardo Oliveira deixa o Santo e fica livre no mercado (Foto: Ivan Storti)

Ricardo Oliveira não é mais jogador do Santos. O empresário do atacante, Augusto Castro, se reuniu com o novo presidente do clube, José Carlos Peres, e recusou a proposta de um ano de contrato.

Após o discurso do dirigente, na reunião do Conselho Deliberativo, na última segunda, que afirmou que se Oliveira fechasse o acordo de renovar por mais uma temporada seria negócio feito, a saída do atacante foi dada como certa.

Com as palavras do mandatário, o representante de Ricardo, em contato com o LANCE!, afirmou que o vínculo de um ano não seria aceito. No mesmo dia, Augusto revelou que, caso chegasse oferta do Atlético-MG em sua mesa, estudaria a proposta "com muito carinho".



O Pastor esperou até o último momento para responder a proposta feita em maio pelo então presidente Modesto Roma. Com a troca de gestão, Peres teria a chance de atender o pedido do atleta, o que não aconteceu.

O atacante se despediu dos santistas por meio de seu Instagram:



"Estou aqui para que todos saibam que meu ciclo no Santos se encerra este ano. Sempre foi minha prioridade permanecer, mas não foi possível.




Tenho que pensar na minha carreira, no meu futuro e na minha família.
Nas duas passagens em que considero vitoriosas (foram 173 jogos, 92 gols (no total) e141 partidas neste retorno e 71 gols).

Conquistamos vitórias, títulos e, mais que isso, uma família. O Santos é o clube pelo qual mais atuei e mais marquei gols... E, sempre juntos, colocamos o Peixe na briga entre os melhores do Brasil nas duas passagens.


Gostaria de agradecer a todos que fizeram parte desse meu segundo ciclo no clube. Jogadores, funcionários, torcida... Espero ter retribuído dentro e fora do campo um pouco desse carinho. Agradeço imensamente o incondicional apoio que vocês sempre tiveram comigo. Obrigado! Em breve espero poder resolver a minha nova casa para poder dividir com todos."

Estou aqui para que todos saibam que meu ciclo no Santos se encerra este ano. Sempre foi minha prioridade permanecer, mas não foi possível. Tenho que pensar na minha carreira, no meu futuro e na minha família. Nas 2 passagens que, considero ambas vitoriosas, foram 173 jogos, 92 gols (no total). 141 partidas neste retorno e 71 gols. Conquistamos vitórias, títulos e, mais que isso, uma família. O Santos é o clube pelo qual mais atuei e mais marquei gols... E, sempre juntos, colocamos o Peixe na briga entre os melhores do Brasil nas duas passagens. Gostaria de agradecer a todos que fizeram parte desse meu segundo ciclo no clube. Jogadores, funcionários, torcida... Espero ter retribuído dentro e fora do campo um pouco desse carinho. Agradeço imensamente o incondicional apoio que vocês sempre tiveram comigo. Obrigado! Em breve espero poder resolver a minha nova casa para poder dividir com todos.

Uma publicação compartilhada por R.oliveira (@ricardo.oliveira) em



Conteúdo publicado originalmente no site Lance!