Publicada em 20/12/2017, às 16:46

Bayern barra saída em janeiro, e Palmeiras desiste da contratação do lateral Rafinha

Jogador era o primeiro nome da lista para o setor. Ele tem vínculo na Alemanha até junho de 2018

Rafinha vai continuar na Alemanha (Foto: AFP)

Não será desta vez que o lateral-direito Rafinha jogará pelo Palmeiras. O Bayern de Munique não concordou em liberar o jogador em janeiro, como o Verdão desejava. Ele tem contrato até junho de 2018 e discute a renovação por mais duas temporadas.

Rafinha era o nome que o Palmeiras trabalhava para tentar finalmente resolver os problemas na posição. Sem ele, o técnico Roger Machado tem Mayke e Fabiano à disposição para o setor, além de poder improvisar o volante Jean. Mas a posição vai passar por mudanças no ano que vem.

Pouco utilizado em 2018, Fabiano não deve permanecer. Além de Jean, o meio-campista Tchê Tchê também foi improvisado pelo lado direito da defesa palmeirense em algumas oportunidades, o que deixou o atleta responsável pelo gol do título brasileiro de 2016 como última opção para o setor.



Um reforço caseiro para a lateral direita será João Pedro, que atuou em 2017 emprestado pela Chapecoense e vai ser reintegrado ao plantel comandado por Roger Machado em janeiro. O futuro do atleta de 21 anos no Verdão será discutido durante a pré-temporada.

De olho no mercado, o Palmeiras avalia opções após o fracasso na negociação com Rafinha. Em novembro, o atleticano Marcos Rocha foi oferecido ao Verdão. Ele tem contrato com o Atlético-MG até dezembro de 2018, mas pode se transferir no ano que vem.



O Verdão já tem quatro reforços contratados: o goleiro Weverton, o zagueiro Emerson Santos, o meio-campista Lucas Lima e o lateral-esquerdo Diogo Barbosa. O clube tem interesse também nas contratações do meia Gustavo Scarpa, do Fluminense, e do atacante Ricardo Goulart, do Guangzhou Evergrande, da China.




Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte