Publicada em 19/12/2017, às 16:05

Por dívida, Corinthians tem contas bloqueadas pela Justiça

Timão tem uma dívida com a empresa Refine Comercial, que fornecia alimentos ao clube. De acordo com advogado, bloqueio não prejudica o futebol

Corinthians teve o bloqueio dos ativos financeiros (Foto: Alan Morici)

O Corinthians teve o bloqueio dos ativos financeiros determinado pela Justiça de São Paulo. Isso porque o Timão tem uma dívida com a empresa Refine Comercial, que fornecia alimentos ao clube. A informação foi publicada pela Folha de S. Paulo.

De acordo com o advogado do Corinthians, Diógenes Mello, as contas bloqueadas não envolvem o futebol. Além disso, ele falou que buscará um acordo com a empresa.

- É uma empresa que prestava serviços ao Corinthians. Estamos sabendo desse bloqueio, mas é de contas do administratibo, nada relacionado ao futebol. Isso vai ser resolvido. Vamos tentar fazer um acordo - afirmou o advogado, em entrevista à Folha de S. Paulo.



O bloqueio é de R$ 130.528,50. Esse valor será penhorado a partir do que as pesquisas judiciárias encontrarem em nome do clube.

Corinthians e Refine assinaram contrato em janeiro de 2015, em acordo válido por dois anos. Porém, após seis meses o vínculo foi rescindido, e o clube não quis pagar a multa.



O Corinthians alegou que o Corpo de Bombeiros tinha mandado desativar o restaurante em que a empresa operava, mas a Justiça entendeu que era obrigação do clube fornecer local adequado ao restaurante.




Conteúdo publicado originalmente no site Lance!