Publicada em 19/12/2017, às 16:25

Após Mundial, Grêmio analisa saídas, renovações e vai em busca de reforços

Depois de Barrios anunciar que não permanece no Tricolor, direção parte agora para período de negociações com jogadores em fim de contrato, contratações e possíveis vendas

Enquanto Fernandinho ainda define futuro eEdílson recebeu sondagem, Barrios não ficará no Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação)

Enquanto o lamento da perda do título mundial para o Real Madrid começa a ficar para trás, o Grêmio já projeta seu futuro. Apressado por conta do atraso no planejamento provocado pela disputa do Mundial de Clubes, a diretoria inicia a montagem do grupo de 2018: há renovações a tratar, saídas e chegadas a definir. O único anúncio até o momento, de certo modo até precoce, foi a liberação do centroavante Barrios, confirmado pelo próprio jogador na zona mista do estádio Zayed Sports City, em Abu Dhabi.

O primeiro ponto a ser definido é pela permanência do técnico Renato Gaúcho. O empresário do técnico, Gerson Oldenburg, deve ter uma nova reunião com a direção nesta terça-feira. Após essa etapa, a direção avançará para a composição de elenco. O treinador, inclusive, já indicou alguns nomes para próxima temporada.

Na segunda-feira, surgiu o interesse do Cruzeiro em Edílson. No desembarque em Porto Alegre, o lateral-direito revelou desconhecer qualquer proposta. O atleta tem contrato com o clube gaúcho por outras duas temporadas.



Barrios surpreendeu ao dizer que sabia de sua saída do clube há dois meses. Por sua vez, o vice de futebol Odorico Roman negou a informação. O certo é que um dos artilheiros do Grêmio na temporada não irá seguir em Porto Alegre – Barrios ficou ao lado de Luan, ambos com 18 gols marcados. O preço da permanência do jogador de 33 anos é considerado caro.

Futuro indefinido



Outro membro do time titular que tem futuro indefinido é Fernandinho. Com contrato a vencer no fim do ano, o atacante tem o apoio dos próprios companheiros, que pediram sua renovação após o título da Libertadores, além da confiança de Renato. No entanto, o salário também é considerado alto, e o Grêmio tentaria negociar redução nos vencimentos do atacante de 32 anos.




– Fernandinho é um caso que pode ser útil para o grupo dependendo da condição que conseguirmos fechar com ele. Se houver condição que se encaixe no planejamento financeiro do clube – afirma Odorico Roman, vice de futebol.


"Buscamos jogadores que agregassem qualidade. Alguns entendemos que deveríamos prorrogar, como o Léo Moura e o Bruno Cortez. Outros, avaliamos. O Fernandinho é um caso que talvez possa ser útil. Veremos como se encaixa. Temos interesse em ficar com ele" (Odorico)



Há os casos de Jael, Bruno Rodrigo, Cícero, Cristian e Michel. Os quatro primeiros terão as situações analisadas nos próximos dias. O centroavante, mesmo elogiado nas últimas partidas da temporada, não fez um gol sequer, mas quer ficar. Já o volante Michel, que foi titular em boa parte do ano, será comprado definitivamente junto ao Novorizontino por R$ 1,2 milhão.

O risco das perdas

– Não tenha dúvida que vamos nos reforçar. O que nós precisamos é complementar o plantel com aquilo que vai nos faltar. Vamos fazer esse diagnóstico rapidamente com o nosso banco de dados e tem situações que podemos definir rapidamente – avisou o presidente Romildo Bolzan Júnior depois da derrota para o Real.

Arthur aparceu em foto com a camiseta do Barcelona (Foto: Arquivo Pessoal)



A declaração do mandatário gremista mostra que a ideia para 2018 está longe de um desmonte do elenco campeão da América e vice mundial. Por outro lado, mostra preocupação com o assédio europeu aos destaques. Principalmente a Arthur.

O jovem de 21 anos ganhou os holofotes ao aparecer em uma foto com a camisa do Barcelona, após uma reunião com representantes do clube espanhol no Brasil. Segundo o jogador e seu estafe, o objetivo da reunião era conhecer o meio-campista destaque na Libertadores e Brasileirão. O Grêmio não gostou e condenou quem vazou a imagem.

Os jornais espanhóis noticiam que o estilo de jogo para conduzir a bola na armação do time se encaixa perfeitamente à filosofia do Barça, embora a negociação com o clube catalão tenha esfriado nos últimos dias. Recentemente, Chelsea e Real Madrid também foram noticiados como possíveis compradores. A favor do Grêmio, há a renovação de contrato até 2021 e a multa rescisória de 50 milhões de euros.

Luan não teve o mesmo brilho da Libertadores no Mundial (Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio)



Luan também brilhou no título da Libertadores, com direito a golaço na final sobre o Lanús. De quebra, recebeu o prêmio de melhor jogador da competição. Terminou a temporada como artilheiro do time ao lado de Barrios e, depois de uma longa novela, assinou a renovação de contrato até 2020. Mas a cláusula de venda caiu de 25 para 18 milhões de euros.

Outros nomes valorizados são de Marcelo Grohe, Ramiro e Pedro Geromel. O goleiro terminou o ano valorizado pela "defesa do século" e outras tantas nos momentos decisivos da temporada. Peça importante na engrenagem de Renato Gaúcho, o volante foi sondado pelo futebol alemão na metade do ano. Já o zagueiro destacou-se mais uma vez pelos desarmes certeiros, a ponto de ser o melhor do Grêmio na derrota para o Real Madrid, e é alvo de cobiça de outros times.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte