Publicada em 18/12/2017, às 21:15

Cruzeiro sonda Grêmio para ter Edílson em 2018

O lateral direito entrou na mira da Raposa. Se o clube celeste não conseguir contratar Rafinha, do Bayern de Munique, Edílson é alternativa para ocupar a posição

Edílson em ação durante treino do Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Com apenas Ezequiel, que conviveu com alguns problemas físicos em 2017, para ocupar a lateral direita da Raposa, em 2018, e sem a garantia de que contratará Rafinha, do Bayern de Munique, o Cruzeiro já pensa em novas possibilidades para a posição.

A prioridade segue sendo Rafinha. O jogador tem uma reunião com o clube alemão nesta semana e o Cruzeiro espera uma definição até o próximo domingo, dia 24 de dezembro. Enquanto isso, o clube celeste sondou a situação do lateral direito Edílson, de 31 anos, vice-campeão mundial com o Grêmio e titular da equipe de Porto Alegre.

Segundo informou a Rádio Inconfidência, a diretoria mineira teria de pagar R$ 3 milhões de multa rescisória ao clube gaúcho, com o qual o jogador tem contrato até maio de 2019. Além disso, Edílson receberia uma boa quantia em luvas e ganharia o dobro de salários na Toca da Raposa II.



O paranaense Edílson é experiente e tem passagens por grandes clubes brasileiros. Começou a carreira no Avaí, em 2004, e defendeu também Ponte Preta, Atlético-PR, Botafogo e Corinthians, além, claro, do Grêmio. Em Belo Horizonte, teve uma passagem apagada pelo Atlético-MG, em 2005.

O jogador foi o responsável pela única finalização do Grêmio no jogo contra o Real Madrid. Vale ressaltar que a bola parada é a sua grande virtude. Dos quatro gols marcados por ele em 2017, três foram de falta.



Foi no Grêmio onde Edílson conquistou mais títulos de expressão - Copa do Brasil 2016 e Libertadores 2017. Antes, no Corinthians, havia sido campeão brasileiro (2015). O restante do currículo de títulos é preenchido com títulos estaduais.




Conteúdo publicado originalmente no site Lance!