Publicada em 16/12/2017, às 15:13

Ainda sem reforço na zaga, Corinthians terá retorno de Yago em 2018

Zagueiro vai participar da pré-temporada. Del'Amore também pode ter chance

Yago atuou pela Ponte Preta nesta temporada (Foto: Raul Sauan/ PontePress)

Com dificuldades para reforçar a defesa, o Corinthians prepara soluções caseiras para engordar o setor em 2018.

O zagueiro Yago, de 25 anos, que atuou emprestado pela Ponte Preta nesta temporada, foi avisado que vai iniciar o ano no grupo de jogadores que se reapresentam dia 3 de janeiro no CT Joaquim Grava. O mesmo pode acontecer com Vinicius Del'Amore, de 20, que estava no Fortaleza.

Eles se juntam a Balbuena, Pedro Henrique, Léo Santos e Vilson – os dois últimos se recuperam de cirurgias.



A carência no setor foi diagnosticada durante o Brasileirão e ficou pior com a saída de Pablo, que não renovou o seu contrato. Ao longo do ano, por várias vezes o técnico Fábio Carille teve de recorrer a jovens do sub-20 para completar treinos ou improvisar Paulo Roberto e Warian no setor.

Apesar dos retornos, a diretoria corre atrás de dois nomes para reforçar a defesa. Gerente de futebol do Timão, Alessandro admitiu que vem sendo um desafio encontrar bons zagueiros:



– Não tem sido fácil encontrar um jogador à altura do Corinthians, mas acharemos no momento certo. O torcedor é ansioso, é normal, ele quer que a equipe ideal esteja pronta o quanto antes.




Quem são Yago e Del'Amore

Aos 25 anos, Yago fez 26 partidas e um gol pela Macaca em 2017. Ele foi atrapalhado por um problema na cartilagem do joelho direito, que exigiu cirurgia logo depois do Paulistão. Por conta disso, ficou quase cinco meses em recuperação. Voltou a atuar em outubro e fez nove jogos no Brasileirão. A equipe de Campinas acabou rebaixada para a Segundona.


Campeão da Copa São Paulo de 2017 Del'Amore, de 20 anos, fez apenas sete jogos pelo time cearense, onde não embalou. Sem idade para jogar outra Copinha, deverá ser integrado.

Reforços para a zaga

Uma das primeiras opções buscadas, o zagueiro Marllon, que jogou com Yago na Ponte neste ano, teve negociações adiantadas com o Corinthians na reta final do Brasileirão, mas o negócio não prosperou. Henrique, do Fluminense, foi oferecido e agradou, mas o salário se tornou um entrave.

Campeão da Libertadores em 2012, Leandro Castán quer voltar da Itália, mas não é unanimidade.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte