Publicada em 14/12/2017, às 09:45

Palmeiras avança com o Atlético-PR para ter Weverton a partir de janeiro

Clube paranaense queria uma compensação para liberar o goleiro e deve receber uma quantia ainda não divulgada. O contrato do goleiro com o Furacão vence em maio

(Foto: Tomas Cintra/Photo Press/Lancepress!)

O Palmeiras deve ter Weverton em seu elenco a partir de janeiro. O clube avançou nas negociações com o Atlético-PR e planeja pagar para que o Furacão libere o goleiro antes do fim de seu contrato, válido até maio. A quantia ainda não foi revelada.

Entre o goleiro e o Verdão há um acerto desde o começo do mês; restava a definição entre os clubes. A equipe paranaense inicialmente pediu Raphael Veiga em troca, e o Palmeiras recusou ceder o meio-campista, que está nos planos de Roger Machado.

Sem um acordo sobre atletas que poderiam ser envolvidos, as diretorias passaram a negociar uma compensação financeira, que acabou sendo o caminho escolhido para sacramentar a transação. O Verdão, oficialmente, não se pronuncia sobre o assunto.



A intenção do Palmeiras desde o início era ter Weverton na pré-temporada para disputar posição com Fernando Prass e Jailson. Vinicius Silvestre, de 23 anos, e Daniel Fuzato, 20, são opções com menos experiência e o primeiro deles deve ser emprestado para ganhar rodagem.

Aos 30 anos, Weverton chegou no Atlético-PR em 2012 e desde então tornou-se um dos jogadores mais queridos pela torcida rubro-negra. Medalhista de ouro na Rio-2016, o goleiro foi cortado do jogo contra o Palmeiras, na última rodada do Brasileiro, por conta da negociação.



Emerson, Diogo Barbosa e Lucas Lima são os três reforços já anunciados pelo Palmeiras. Gustavo Scarpa, meia do Fluminense, depende do acordo entre jogadores do Verdão e o time carioca para fechar por dois anos. Além dele, Rafinha e Ricardo Goulart são os outros alvos.




Tanto o lateral-direito do Bayern de Munique (ALE) quanto o meia-atacante do Guangzhou Evergrande (CHN) comunicaram aos seus clubes que desejam voltar ao Brasil. O jogador do clube bávaro ainda não não definiu se cumprirá seu contrato até junho ou se volta em janeiro. Goulart, enquanto isso, depende da liberação da equipe chinesa.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!