Publicada em 14/12/2017, às 11:59

Efetivado nos profissionais, Lucas Campos só pensa em 2018: "Grande oportunidade"

Jovem é um dos que serão aproveitamos na equipe de cima para a temporada 2018.Atacante elogia integração feita no clube e acolhimento dos atletas mais experientes

Lucas Campos em jogo pelo Sub-20 do Botafogo (Foto: Botafogo)

mas das grandes apostas do Botafogo para 2018, Lucas Campos vive a expectativa de fazer sua primeira pré-temporada com a equipe profissional. Destaque da base por gols e também assistências, ele faz parte do grupo de jovens que estará à disposição de Jair Ventura.

Lucas, como a maioria dos garotos da equipe su-20, já teve a oportunidade de treinar entre os profissionais esse ano. Mais do que isso, fez sua estreia no empate em 1 a 1 com o Atlético-Go, no dia 23 de julho, em Goiânia, pelo primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

- Uma grande oportunidade, pois será minha primeira pré-temporada. Cheguei a jogar contra o Atlético-GO. Esse período em cima (no profissional) me fez crescer, principalmente com a ajuda dos atletas mais experiêntes e outros que vieram da base também.
Matheus Fernandes e Gustavo "Bochecha" são os que mais ajudam nessa importante e decisiva transição. Além deles, Lucas fez questão de elogiar a postura do técnico Jair Ventura.



- Me passam muita confiança. O Jair é muito gente boa. Isso é importante para mim. Espero aproveitar as oportunidades e fazer um grande ano.

Comparado ao ex-jogado Valdeir, o "The Flash", Lucas Campos se destaca pela velocidade, mas também pelos gols e assistências. Quando fez dupla de ataque com Gorne, na base, cansou de deixar o amigo na cara do gol.



- É um grande virtude. Gosto de partir para cima e dar assistências, mas gosto de fazer gols também (risos).




Lucas Campos estendeu seu vínculo com o Botafogo no ano passado. A multa rescisória é de R$ 19 milhões para clubes brasileiros. Para equipes estrangeiras, o valor é de US$ 6.250.000. Porém, com a promoção ao elenco profissional, o valor aumenta para R$ 40 milhões no Brasil e US$13 milhões para fora do país.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte