Publicada em 13/12/2017, às 14:33

O valor de Bruno Silva: as exigências do Bota para vendê-lo ao Cruzeiro

Glorioso não aceita o parcelamento dos R$4 milhões desejados pelos 40% dos direitos econômicos do atleta aos quais têm direito. Clube quer ainda atacante que está no Japão

Bruno Silva vem sendo um dos pilares da equipe alvinegra nos últimos dois anos (Lucas Figueiredo/CBF)

A bola, agora, está com o Cruzeiro. Na reunião desta terça-feira, a Raposa oficializou a proposta pelo volante Bruno Silva e ouviu que o Botafogo quer R$4 milhões à vista para vendê-lo, não parceladamente, como os mineiros preferem. O Alvinegro ainda quer o atacante Roni, que está atualmente no Albirex Niigata (Japão).

No Glorioso, há quem não acredite que o acordo será selado, apesar de Carlinhos Sabiá, empresário do meio-campista alvinegro, considerar o entrave um detalhe. O agente foi o representante da Raposa no encontro com dirigentes alvinegros, em General Severiano.

Em caso positivo do Cruzeiro para as exigências botafoguense, a negociação pode ter final feliz já nesta quarta-feira. Em caso negativo, a permanência do volante alvinegro até o fim do ano que vem, data do fim do contrato, já passa a ser opção viável.



Recentemente, Bruno Silva deu declarações afirmando o desejo de defender o clube mineiro. Por outro lado, também entende que há clima para, eventualmente, continuar no Glorioso.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!