Publicada em 13/12/2017, às 11:33

Atacante Gustagol cobra quase R$ 1 milhão do Corinthians na Justiça

Emprestado, jogador ainda pertence ao Timão e alega não ter recebido direitos de imagem

Gustagol foi contratado pelo Corinthians em 2016 (Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)

O atacante Gustavo, conhecido como Gustagol, cobra quase R$ 1 milhão do Corinthians na Justiça. O valor exato da ação é de R$ 994.592,73, correspondente a direitos de imagem que, segundo o atleta, não foram pagos.

O processo, aberto na semana passada, está em nome de Ole Sports & Intermediações, do empresário Clóvis Henrique, que cuida da carreira do atleta.

– Como o Gustavo é jovem e não tinha empresa constituída, ele recebia os direitos de imagem por meio da empresa de seu agente – explicou o advogado Aldo Giovani Kurle, responsável por defender o atleta no caso.



Na última segunda-feira, o Justiça concedeu liminar favorável ao jogador e deu 15 dias para o Timão efetuar o pagamento. O clube ainda pode recorrer.

Gustagol ainda tem contrato com o Corinthians. Em agosto de 2016, ele assinou vínculo de quatro temporadas. No entanto, ele não agradou na reta final da temporada e, no início deste ano, foi emprestado ao Bahia. Depois, em julho, o atleta foi repassado ao Goiás.



A diretoria alvinegra não cogita o retorno do atacante de 23 anos para a próxima temporada. A tendência é que Gustagol seja emprestado mais uma vez. Em nove jogos pelo Timão, o jogador não marcou nenhum gol, mas ganhou destaque por fazer uma tatuagem em que ele aparece com a camisa do Corinthians.




Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte