Publicada em 12/12/2017, às 17:12

Peres promete que Zeca não sairá de graça do Santos: "Eu garanto!"

Na última segunda o recém-eleito disse que deixaria as portas do clube aberta para o atleta. No entanto, achou falta de respeito o que o lateral fez com o Peixe

Peres convidou Zeca a voltar a treinar no Santos, mas não quer a reintegração no time (Foto: Ivan Storti)

O recém-presidente do Santos, José Carlos Peres, garantiu que não deixará Zeca sair de graça do clube. Em suas últimas entrevistas como novo presidente do Santos, José Carlos Peres disse que deixaria a porta do clube aberta para Zeca, que tem litigio contra o Santos na Justiça.

- Existem leis. Ele é um patrimônio. Não vai sair de graça. Eu garanto! Temos que fazer valer os direitos do Santos. Houve um investimento, Santos acreditou, fez ele aparecer. Jogou bem, nada justificava ele se afastar, mesmo com a revolta da torcida. O clube sempre em primeiro lugar - disse.

O atleta ganhou o último processo que tramitou na Justiça contra o Santos e recebeu um habeas corpus, que o liberou para assinar com qualquer time. Porém, por faltar em vários treinos no CT Rei Pelé o clube da Baixada pode cobrar em uma futura negociação a multa rescisória de R$ 50 milhões de reais para o futebol nacional e 50 milhões de euros (R$ 193 milhões) para o internacional.





Apesar da situação, Peres convida Zeca a retornar ao CT Rei Pelé para treinar, mas não quer a reintegração do atleta ao time.

- O que eu disse é que Zeca é patrimônio do clube, Modesto está de acordo e dá para fazer um dinheiro nele. Santos não pode perder uma receita dessa. Pretendemos a reintegração, mas não no elenco, que venha para treinamento e participe do negócio. Aqui existe uma tristeza de um jogador não respeitar a sua camisa. Santos tem que ser respeitado. - explicou.



Conteúdo publicado originalmente no site Lance!