Publicada em 12/12/2017, às 10:39

Em busca de reforços, Inter planeja trabalhar com até 34 jogadores em 2018

Tendência é que grupo não esteja completo na reapresentação em 2 de janeiro

(Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter)

Enquanto prospecta reforços, o Inter traça o planejamento para a próxima temporada. Após definir que a pré-temporada será realizada no Centro de Treinamentos do Parque Gigante, o departamento de futebol estabelece outras metas. A ideia é que o técnico Odair Hellmann tenha o grupo formado entre 32 e 34 jogadores.

Atualmente, o site do Colorado conta com 35 atletas. No entanto, nomes como Carlos e Carlinhos já deixaram o Beira-Rio, ao passo que Alex Santana e Diego foram emprestados para o Paraná, enquanto Léo Ortiz e Roberson estão na mira do Juventude. Felipe Gutiérrez tem a permanência no clube improvável. O Bétis não demonstra interesse em novo empréstimo.

Por outro lado, Roger, Ruan e Gabriel Dias já foram anunciados. Roger era um dos destaques do Botafogo, enquanto Ruan e Gabriel Dias disputaram a Série B por Boa e Paraná, respectivamente. A direção ainda trabalha atrás de outras peças para aumentar a gama de opções de Odair. Walter Montoya, do Sevilla, interessa. Os gaúchos apresentaram uma proposta e aguardam resposta dos espanhóis. Dudu, lateral-direito do Figueirense, também aparece na mira.



Por conta da dificuldade financeira pela qual o clube atravessa, a movimentação por reforços se torna complicada. A direção admite que é improvável ter o grupo fechado na reapresentação e que a tendência aponta para novidades ao longo do Gauchão.

Promoções também estão previstas. Ramon, Álvaro e Ronald, destaques na campanha que culminou com o título do Brasileirão de Aspirantes, serão integrados na reapresentação. O primeiro é volante, enquanto os outros dois são atacantes. Ronald foi eleito o craque da competição.



Ronald será incorporado ao grupo principal (Foto: Ricardo Duarte/Divulgação, Inter)






Também há os que retornam de empréstimo. Porém, apenas Andrigo e Marcinho despontam para ser inclusos no grupo com D'Alessandro e seus companheiros. A cúpula tentará realocar o restante novamente no mercado.

Ainda em transformação, o Inter volta às atividades em 2 de janeiro. A pré-temporada ocorrerá no CT do Parque Gigante. O departamento de futebol ainda discute se o grupo ficará uma semana concentrado no hotel que mantém uma parceria com o clube. No dia 18 de janeiro, inicia a luta pelo Gauchão, quando recebe o Veranópolis no Beira-Rio.


Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte