Publicada em 09/12/2017, às 13:11

Volante do Grêmio vive drama pessoal fora das quatro linhas

Roberto Machado, empresário do meio-campista Michel, sofreu infarto antes da final da Libertadores e permanece internado em estado grave

(Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio)

Concentrado com o Grêmio para a disputa do Mundial de Clubes, o volante Michel vive um drama pessoal gigantesco. O seu agente, Roberto Machado, sofreu um pré-infarto horas antes da decisão entre o Tricolor e Lanús na Libertadores e foi internado na Argentina em estado grave.

Em entrevista ao site da ESPN Brasil, o jogador gremista relatou um pouco da sua excelente relação com o empresário e a torcida para sua melhora.

“Ele me viu jogando na base do São Cristóvão quando eu tinha 15 anos. Ele começou a me ajudar com passagem para treinar, lanche para comer e até mesmo com telefone para que eu pudesse me comunicar. Ele sempre fez questão de me ajudar e até o ano passado nunca havia tirado um real meu. Como eu estou hoje em um clube de ponta como Grêmio faço questão de o ajudar também”, disse.



“O Roberto me considera um filho e eu o considero um pai. É um cara que coloco de olhos fechados dentro da minha casa e é padrinho da minha filha. Ele está sendo bem cuidado e vai sair dessa”, relatou.

Destaque do Grêmio no começo do Brasileirão, Michel perdeu espaço no time de Renato Gaucho após sofrer uma lesão. Porém, com a impossibilidade de contar com Arthur, o técnico deve recolocar o volante como titular na próxima terça-feira, quando o Tricolor estreia no Mundial de Clubes.



“Agora vou disputar o Mundial que será muito importante para minha carreira. Se o professor me utilizar eu vou dar meu melhor. Sabemos da dificuldade, mas estamos bem treinados. Seguindo num ritmo forte e podemos fazer boas partidas”, finalizou.




Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte