Publicada em 09/12/2017, às 13:22

Mais um prêmio: Gatito é eleito melhor estrangeiro do Brasileirão

Goleiro paraguaio conquistou a premiação dada desde 2013 pela EFE. Em 2017, ele ganhou a concorrência no gol, pegou oito pênaltis e foi escolhido o melhor goleiro da Copa BR

Gatito Fernández teve um ano de conquistas individuais (Foto:Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Nem mesmo a falha na derrota do Botafogo de 1 a 0 para o Atlético-PR, no Nilton Santos, que foi importante para a não ida do Glorioso à Libertadores, tirou o prêmio do goleiro Gatito Fernández de melhor estrangeiro do Campeonato Brasileiro, de acordo com a agência de notícias espanhola EFE, na noite da última sexta-feira.

O paraguaio superou, por um ponto (64 a 63) o uruguaio e também goleiro Martín Silva, do Vasco. O prêmio existe desde 2013 e esse ano também teve outros nomes no páreo, como o colombiano Tréllez, do Vitória, os campeões brasileiros Balbuena, zagueiro, e Romero, atacante, ambos paraguaios do campeão Corinthians. Em terceiro ficou o argentino Lucas Pratto, do São Paulo, com 58 pontos.

O ano de 2017 foi mesmo especial para o goleiro de 29 anos. Ele chegou sem a titularidade assegurada, mas a garantiu após sair do banco para substituir Helton Leite, brilhar e pegar três pênaltis contra o Olimpia, na Pré-Libertadores. Ao longo de toda a temporada, foram oito de 14 penalidades defendidas. O ídolo Jefferson se recuperou, mas não roubou a vaga do paraguaio, que também encerra o ano como o melhor goleiro da Copa do Brasil.



Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte