Publicada em 09/12/2017, às 16:21

Com futuro indefinido, Hudson reitera desejo de continuar no Cruzeiro

O volante comentou sua situação para o próximo ano após o amistoso comandado por Ronaldinho Gaúcho

Hudson aguarda negociação entre Cruzeiro e São Paulo para saber como será 2018 (Foto: Washington Alves/Cruzeiro)

Hudson ainda se recupera de uma grave lesão na coxa, mas esteve na partida comemorativa 'Game of Dreams', organizada por Ronaldinho Gaúcho na tarde da última sexta, no Mineirão. Do banco de reservas, o volante acompanhou a vitória por 4 a 1 dos Amigos do Ronaldinho sobre a Seleção do Penta. Ao deixar o estádio, ele comentou sobre a renovação com o Cruzeiro, assunto que vem sendo pautado pela mídia há algumas semanas.

- O Cruzeiro tem até o dia 31 (de dezembro, para realizar a opção de compra com o São Paulo). Acredito que estão tendo conversas sim e tudo vai se resolver. Eu espero ficar, mas se tiver que voltar para o São Paulo, volto feliz também - disse.

O volante tem contrato com o São Paulo até dezembro de 2019 e determinou que 50% dos direitos de Hudson serão vendidos por 1,5 milhão de euros, cerca de R$ 5,7 milhões. Sem verba para realizar grandes investimentos, a diretoria da Raposa vem buscando outras soluções com a intenção de manter o jogador. Para reduzir a quantia pedida, o clube quer envolver 25% dos direitos econômicos de Lucca, que atualmente defende a Ponte Preta mas vem sendo monitorado pelo Tricolor.



Hudson já revelou o desejo de permanecer em Belo Horizonte e o vice-presidente de futebol, Itair Machado, pretende acertar a extensão do vínculo do atleta por três anos até a próxima terça-feira.

O volante teve grande destaque nesta temporada, principalmente na campanha do penta da Copa do Brasil, ao marcar gols decisivos contra o São Paulo, pela quarta fase, e Grêmio, na semifinal. Diante do Flamengo, na finalíssima, Hudson também converteu sua cobrança na disputa de pênaltis que resultou na vitória do Cruzeiro por 5 a 3, no Mineirão. Em 39 jogos com a camisa celeste, ele marcou três gols.



Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte