Publicada em 08/12/2017, às 10:59

Zé Ricardo exalta papel de protagonista de Fabuloso e diz: "A gente conta com ele"

Treinador do Vasco elogia atacante e diz acreditar que Luis Fabiano vai contribuir muito com o clube se estiver 100%: "Tomara que se recupere e esteja bem de cabeça"

(Foto: Twitter/Vasco)

Apesar dos planos de usar a garotada, o técnico Zé Ricardo conta com a experiência de jogadores como Luis Fabiano no elenco em 2018, quando o clube disputará a Libertadores da América - a presença no mata-mata ou direto na fase de grupos vai depender do Flamengo na Sul-Americana. Em entrevista ao "Tá na Área", o treinador destacou o papel de protagonista exercido pelo jogador ao longo da carreira e disse contar com o jogador, apesar dos problemas físicos da última temporada. Para Zé, o jogador ainda pode ser o "Fabuloso" se estiver 100%.

- O Fabiano enquanto esteve em condição mostrou todo seu potencial, por muito tempo ficou como artilheiro da equipe, apesar de tanto tempo fora (...) Tomara que ele possa se recuperar. Acho que vai fazer bem esse tempo que ele ficou parado para que ele realmente se potencialize. A gente acredita que na pré-temporada ele esteja 100%. É um atleta que tem 37 para 38 anos, protagonista por todos os clubes que passou, então, não tem porque acreditar que vai ser diferente aqui no clube. A gente conta com ele, tomara que se recupere e esteja bem de cabeça para começar uma pré-temporada que vai fazer tão bem para ele como para a gente. A torcida do Vasco pode esperar um Fabuloso ajudando demais - afirmou.

Agora, o Vasco aguarda o resultado da Sul-Americana para finalizar o planejamento. Se o Flamengo for campeão em cima do Independiente, na quarta-feira, o time de Zé Ricardo herda a vaga direta na fase de grupos (terminou o Brasileiro em sétimo, uma posição atrás do Fla) e ganha mais tempo não só para recuperar Luis Fabiano, mas para preparar toda a equipe para a disputa continental.



- Acho que vai ser um ano bastante difícil. Temos Campeonato Carioca, no qual o Vasco deve utilizar muitos dos meninos para que a gente possa potencializá-los para os campeonatos mais à frente. Precisamos em qual fase entraremos na Libertadores, vai ser um planejamento se tivermos que entrar dias 29/30 de janeiro ou outro se entrarmos só na fase de grupos. Precisamos esperar e ajustar isso. Como objetivo, fazer um Vasco o mais competitivo possível - explicou.

Zé Ricardo não quis entrar em detalhes sobre reforços, mas admitiu que precisa melhorar o grupo para a maratona que terá pela frente. O ex-corintiano Ralf, um dos cotados, recebeu elogios. Confira outros trechos da entrevista do treinador:



Elenco
"Precisamos reforçar todos nossos setores porque a temporada se desenha uma temporada maior do que foi essa em quantidade de jogos, então, precisamos ter um plantel qualificado, que os atletas possam ser versáteis, que possam jogar em duas ou três posições diferentes, para que isso não faça nosso plantel inchar demais e possamos utilizar nosso elenco. Fundamental no momento é manter a base. Algumas trocas, chegadas e saídas, são naturais".




Ralf
"O Ralf é um atleta que tem uma história muito bonita, e sem dúvida nenhuma um grande jogador que qualquer grande equipe gostaria de contar. Mas o Vasco tem que estar com os pés no chão, trabalhar em cima de uma realidade para que possa cumprir todos os compromissos que foram firmados. Nosso centro de análise tem muitos jovens talentosos que sabem o perfil que a gente quer. Traçamos o perfil ideal para 2018 e eles, através das nossas carências, foram procurar. Foram sugeridos alguns nomes por eles e por mim e chegamos a alguns nomes para que a direção pudesse tentar negociar. Agora é com eles. Qualquer coisa a mais do que isso acaba atrapalhando um pouco, às vezes supervalorizando, atrapalhando na questão financeira, outros clubes acabam despertando. Nesse momento é deixar com eles e a gente fica quietinho".

Fonte: Sportv
Clique para ver a matéria no site fonte