Publicada em 07/12/2017, às 14:00

Pouco aproveitado? Vinicius Junior tem média de 27 minutos por jogo no Fla

Revelação do Fla, já vendido ao Real Madrid, tem entrado na metade do segundo tempo durante os jogos e, para jornalista, deveria ser titular na decisão da Sul-Americana

(Foto: André Durão/GloboEsporte.com)

Vendido ao Real Madrid por € 45 milhões (cerca de R$ 164 milhões), em março, o atacante Vinicius Junior tem entrado no segundo tempo dos jogos do Flamengo depois que o técnico Reinaldo Rueda assumiu a equipe. Com o treinador colombiano, o atacante soma 18 partidas e 492 minutos em campo, uma média de apenas 27 minutos em campo.

LEIA MAIS

- Diego abre o jogo sobre relação com o Flamengo e diz se voltaria ao Santos

- Carpegiani entra na mira do Fla para ser o coordenador técnico em 2018

- Jornal espanhol questiona chances dadas para Vinicius Jr no flamengo

- 'Procura-se um 9': Rueda define como prioridade a chegada de um atacante

- Leia mais notícias sobre Flamengo em www.futnet.com.br/flamengo




Diante do Independiente, Vinicius entrou aos 27 do segundo tempo, na vaga de Diego, e ficou 22 minutos em campo. Antes da chegada de Rueda, com o técnico Zé Ricardo, Vinicius tem média semelhante, de 30 minutos em campo em 17 partidas.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



O Flamengo encerra a temporada 2017 na próxima quarta-feira, na final da Copa Sul-Americana. O Rubro-Negro precisa vencer o Independiente por dois gols de diferença para ser campeão. Para a partida, o editor de esportes dos jornais "O Globo" e "Extra", Márvio dos Anjos, a revelação precisa ser titular, até por estar mais descansado que os colegas.

- Eles têm dados, análises, um setor de desempenho. Eles têm ferramentas muito mais avançadas com que nós, jornalistas, trabalhamos. Mas a realidade é a seguinte: o Flamengo está em desvantagem. O Flamengo está perdendo por um gol de diferença, e é o último jogo do ano. Não há dúvida para mim de que a melhor arma ofensiva do Flamengo hoje é o Vinicius Junior. Os outros jogadores do Flamengo estão muito mais cansados que ele. Ele tem 17 anos, está na plenitude, e é um jogador que faz uma tremenda diferença, e o Flamengo precisa dele. É um jogador que tem que ser titular por conta das circunstâncias dessa final - disse Márvio dos Anjos, no "Redação SporTV".



O comentarista Carlos Eduardo Eboli, das rádios Globo e CBN, acredita que Vinicius Junior não precisa ser necessariamente titular, mas precisa estar em campo mais minutos.

- Eu não entendo que o Rueda transforme o Vinicius Junior em titular. Eu entendo e reconheço o estudo feito com ele. Mas uma coisa é aproveitar ele no segundo tempo. Outra coisa é aproveitar nos últimos 20 minutos. O que eu questiono é que ele poderia ter entrado antes (...) É muito pouco, eu não acredito que um garoto de 17 ou 18 anos, no auge da forma física, que se prepare diariamente, não tenha condição de jogar 90 minutos.





No entanto, o apresentador André Rizek afirma que a comissão técnica do Flamengo acredita que Vinicius Junior não possa atuar com a mesma intensidade durante uma partida inteira e que o técnico Reinaldo Rueda está agindo corretamente.

- A gente está especulando. Como seria o Vinicius Junior jogando desde o começo? O fato é que, quando ele entra no segundo tempo, ele faz a diferença. Ele pega jogadores mais cansados e faz a diferença. Não dá para saber como seria o Vinicius Junior jogando desde o começo, contra uma defesa descansada. Conversei com o pessoal do Flamengo sobre isso. Eles trabalham com dados, com fisiologia. Eles entendem que o Vinicius Junior ainda não tem caixa física para ter o mesmo desempenho quando entra no decorrer dos jogos começando as partidas. Eles entendem baseados em dados, em treinamentos, que a gente não observa. A gente só observa o resultado final. O torcedor cobra porque acha que, se o garoto entrar desde o começo, vai fazer tudo isso. O Flamengo entende que não, que o Rueda está agindo de forma correta.

O Flamengo saiu na frente, mas foi derrotado por 2 a 1 pelo Independiente, na Argentina, no primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana. Na volta, na próxima quarta, no Maracanã, o Rubro-Negro terá que vencer por um gol para levar o jogo à prorrogação ou por dois gols para levar o título.

(Foto: SporTV.com)



Fonte: Sportv
Clique para ver a matéria no site fonte