Publicada em 03/12/2017, às 19:53

Flu empata e se garante na Sul-Americana; Dourado não marca

Tricolor ficou no 1 a 1 contra o Atlético-GO, neste domingo, e carimbou ao menos a vaga para a Sul-Americana. Dourado não faz gol e divide artilharia com Jô, do Corinthians

Wendel marcou o gol do Fluminense e o primeiro da partida contra o Dragão (Foto: Divulgação)

O Fluminense tinha mais de um motivo para tentar fazer uma boa apresentação ontem contra o Atlético-GO. O primeiro, garantir a vaga para a Sul-Americana. O segundo, um objetivo individual: Dourado se isolar na artilharia do campeonato. Mas apenas o primeiro foi alcançado. O empate em 1 a 1 com o Dragão, no Estádio Olímpico, deixou o Flu com 47 pontos, na 14ª colocação, o que garantiu o clube na Sul-Americana do ano que vem.

Onipresente, Scarpa se tornou o líder de assistências do Brasileiro, com 12 passes para gols. O camisa 10 tricolor, inclusive, tentou contribuir muito para que Dourado conseguisse se isolar na artilharia. Mas o camisa 9 do Flu desperdiçou uma chance de ouro quando Scarpa o deixou cara a cara com Klever. O goleiro do Dragão – ex-Flu –, por sua vez, foi um dos responsáveis por garantir o empate.

O JOGO

A primeira grande chance da partida foi do Atlético-GO, aos 14 minutos, quando Jorginho arriscou um chute cruzado, obrigando Cavallieri a defender na ponta dos dedos. Mas três minutos mais tarde o Flu deu a resposta. Wendel avançou pelo meio com facilidade, olhou a posição de Klever a acertou um belo chute no canto esquerdo do goleiro, aos 17 minutos.



Scarpa havia dado o passe para Wendel, o que deixou o camisa 10 tricolor como líder de assistências ao lado de Bruno Henrique, do Santos, no Brasileiro – ambos somam dez passes para gol. Acontece que nem deu tempo de o Fluminense comemorar. A resposta do Dragão foi imediata. Aos 21 minutos, Léo Pelé errou ao tentar cortar a bola dentro da área. Andrigo pegou o rebote, cruzou para Diego Rosa, que sem goleiro teve apenas o trabalho de empurrar para a rede.

A partir do empate, os donos da casa viram o Fluminense praticamente dominar todas as ações na primeira etapa. O goleiro Klever salvou o Dragão com pelo menos três defesas seguras.



O segundo tempo se deu de forma sonolenta. As melhores chances aconteceram somente nos momentos finais da partida. Antes, foram do Atlético-GO as raras chances de passar a frente no placar. Henrique Dourado, mais uma vez, por pouco não virou o artilheiro isolado. Aos 45 minutos, Dourado cobrou falta com maestria, mas Alison tirou em cima da linha. E foi somente isso. Que 2018 tenha outros ares para o Flu.





FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO 1 X FLUMINENSE
Local: Estádio Pedro Ludovico (Olímpico), em Goiânia (GO)
Data-Hora: 03/12/2017 - 17h
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Público/renda: Não divulgados
Cartões amarelos: Henrique Dourado, Douglas e Lucas (Fluminense), Jorginho (Atlético-GO).
Cartões vermelhos: --
Gols: Wendel (17ƇT); Diego Rosa (21ƇT)

ATLÉTICO-GO: Klever, Jonathan, Ricardo Silva, Eduardo B., Breno Lopes; André Castro, Igor (Marcão Silva, 45'/2ºT), Andrigo, Jorginho, Luiz Fernando (Jefferson Nem), 31'/2ºT); Diego Rosa (Alison, 36'/2ºT). Técnico: João Paulo Sanches.


FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo; Douglas, Wendel, Gustavo Scarpa e Sornoza (Sornoza, 18'/2ºT); Matheus Alessandro (Pedro 40'/2ºT) e Henrique Dourado - Técnico: Abel Braga.

Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte