Publicada em 23/11/2017, às 14:55

Roger confirma a pessoas no Botafogo que está de saída para o Inter

Internamente no clube, camisa 9 alvinegro já comentou ter aceitado oferta considerada irrecusável. Centroavante vai assinar por dois anos com o Colorado

Roger tem acordo para defender o Inter em 2018 (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)

Nas entrevistas coletivas no Botafogo desta semana, os jogadores foram questionados sobre o acerto encaminhado de Roger com o Internacional. João Paulo, Carli e Arnaldo saíram pela tangente e alegaram não saber sobre o futuro do companheiro. Mas o GloboEsporte.com apurou que centroavante, artilheiro do Alvinegro na temporada com 17 gols, já confirmou a pessoas internamente no clube que está de saída para defender o Colorado em 2018.

Roger não quer dar entrevistas neste momento. Mas a proposta do Inter, de dois anos de contrato com opção de mais um se fizer um determinado número de jogos, e salários acima dos R$ 250 mil oferecidos pelo Corinthians, foi considerada irrecusável pelo camisa 9. Principalmente por estar com 32 anos e se tratar do último grande contrato de sua carreira.

O contrato de Roger com o Botafogo termina em dezembro, e o clube tinha a intenção de renovar, mas se assustou com a pedida de R$ 250 mil de salários, além de luvas diluídas em sua remuneração mensal, auxílio moradia e bônus por metas alcançadas. O Alvinegro fez uma contraproposta, mas perdeu a concorrência para o Inter. O Corinthians era outro time interessado no atacante.



Roger não enfrenta o Palmeiras

Há quase dois meses afastado dos gramados para a retirada de um tumor benigno do rim, Roger vivia a expectativa de voltar a jogar nas duas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro. Porém, sua recuperação física ainda está longe do ideal depois de perder 4kg desde a cirurgia, e ele não terá condições de enfrentar o Palmeiras na segunda-feira.



A expectativa é de que consiga ficar à disposição do técnico Jair Ventura contra o Cruzeiro, no dia 3 de dezembro no Nilton Santos, para um último jogo com a camisa alvinegra. Porém, resta saber se a diretoria e a comissão técnica ainda contarão com ele apesar do acerto com o Inter, além de um receio da reação da torcida.




Fonte: GloboEsporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte