Publicada em 13/11/2017, às 19:41

Gallo já atua nas conversas por renovações no Atlético-MG; He-Man não foi procurado

Representantes de Leonardo Silva e Robinho confirmam que diálogo com nova diretoria já existe, mas propostas e negociações concretas dependem de eleição; Rafael Moura tem futuro incerto

Gallo já trabalha por renovações de contratos no Atlético-MG (Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press)

No fim de outubro, Sérgio Sette Câmara, provável novo presidente do Atlético-MG para o próximo triênio, definiu que Alexandre Gallo será o diretor de futebol do clube em caso de vitória nas eleições. Sérgio é o grande favorito e já trabalha, ao lado de Gallo, nos bastidores, pensando em 2018. A situação dos "renováveis" do elenco é uma das pautas. Três jogadores estão com o contrato terminando no fim de 2017: Leonardo Silva, Robinho e Rafael Moura. Até o anúncio de Gallo, nenhum dos representantes dos jogadores havia sido procurado. Agora, o panorama é diferente.

A reportagem conversou com Oldegard Filho, empresário de Leonardo Silva, que confirmou que já há uma conversa para a renovação. A situação do zagueiro, aparentemente, é a mais simples. Ele deve assinar a renovação por mais uma temporada.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



A maior expectativa é em relação a Robinho. O atacante, que vive boa fase, já destacou o interesse em permanecer no Galo e disse que as conversas para a renovação já começaram. Marisa Alija, a representante do camisa 7, reiterou o bom relacionamento que tem com a diretoria atleticana, mas disse que ainda não há proposta concreta do Galo.

De fato não há. Sette Câmara e Alexandre Gallo já trabalham, mas ainda com certa restrição. Isso porque há a possibilidade de Sérgio ter um adversário nas eleições do Galo, marcadas para o dia 11 de dezembro. Por isso, como ainda não está eleito e não é candidato único, ele não pode fechar acordos e acertar valores. O futuro presidente está "preparando o terreno" para, quando assumir, resolver, de forma concreta, as situações. Ele explica a situação em entrevista exclusiva ao GloboEsporte.com.

- O Gallo tem conversado comigo informalmente sobre algumas coisas, mas tenho que respeitar a eleição, que ainda vem aí. Não posso sair fazendo nenhum tipo de negociação que não esteja legitimada. Como renovo com um jogador sem eleição? Não seria elegante. É uma situação complicada. A gente adianta as conversas e deixa as coisas engatilhadas, aí deixa para bater o martelo depois. O Gallo é o diretor de futebol, ele está olhando isso. Mas o martelo será batido por mim. Ele não vai ficar fazendo negociações de valores. Obviamente estamos fazendo algumas coisas, mas temos uma limitação.



A reportagem apurou que o atual presidente, Daniel Nepomuceno, não está envolvido nas negociações envolvendo o futebol. As decisões já pertencem a Sérgio, que, como ele mesmo explicou, tem a dificuldade de trabalhar sem poder assinar nada, já que ainda não é o presidente.

Situação de Rafael Moura

Se as conversas com Leonardo Silva e Robinho já começaram, com Rafael Moura, o outro jogador com contrato no fim, ainda não. A reportagem ouviu Francis Melo, empresário do jogador, que garantiu que não houve, até aqui, nenhum contato. Francis disse, ainda, que alguns outros clubes da Série A do Brasileirão já o procuraram. A tendência de momento é que He-Man não renove.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte