Publicada em 09/11/2017, às 15:09

Jô admite que título do Corinthians está perto, mas promete "dura" nos eufóricos

Veja o que o artilheiro falou sobre a chance de o Timão ser campeão na quarta

Jô durante entrevista no aeroporto (Foto: Marcelo Braga)

Principal nome do Corinthians na campanha do Brasileirão, o centroavante Jô deu entrevista coletiva na chegada da equipe a São Paulo após a vitória por 1 a 0 contra o Atlético-PR. Feliz com o resultado, mas controlando a euforia, ele falou sobre a chance cada vez maior de título:

– Demos um passo importantíssimo. A rodada também ajudou bastante. O objetivo está quase se concluindo. Para manter isso tem que fazer o que fizemos nesses dois últimos jogos. Foi bem parecido com o que fizemos no primeiro turno – afirmou, lembrando as vitórias sobre Palmeiras e Atlético-PR.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



O Corinthians pode ser campeão na próxima semana caso vença Avaí (sábado) e Fluminense (quarta) e o Grêmio, atual segundo colocado, não consiga seis pontos no mesmo período. Suspenso diante do time catarinense, Jô diz que terá papel de fiscal nos próximos dias, evitando a euforia dos torcedores, jogadores e até da sua família.

Jô durante entrevista no aeroporto (Foto: Marcelo Braga)



– Ainda não (é campeão). Em casa eu não deixo a euforia passar adiante. Sabemos que estamos próximos. Mas qualquer um que passar por mim e disser que é campeão eu vou ter que dar uma dura, porque o futebol nos prega surpresas – disse o centroavante.



Sem Jô, que levou um jogo de gancho da CBF por lance com o zagueiro Rodrigo, da Ponte Preta, o técnico Fábio Carille apostará em Kazim no comando de ataque. Suspensos contra o Furacão, Gabriel e Jadson voltam a ser opções. No gol, o jovem Caíque França deve ganhar a primeira oportunidade como titular neste Brasileirão.

Fonte: GloboEsporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte