Publicada em 09/11/2017, às 17:56

Cinco jogos e três metas: Cruzeiro tem “missões” a cumprir no Brasileiro

Para terminar a temporada bem, Raposa ainda enfrenta Fluminense, Avaí, Vitória, Vasco e Botafogo

Thiago Neves para para fotos no desembarque do Cruzeiro, no Aeroporto de Confins (Foto: Thaynara Amaral)

derrota e a atuação ruim diante do Flamengo, nessa quarta-feira, não desanimaram os jogadores do Cruzeiro em busca de cumprir metas no Campeonato Brasileiro. Atualmente, o time ocupa a sexta colocação, com 51 pontos, e é o segundo melhor time do returno, com 24 em 14 jogos.

Agora, restam cinco partidas. Muito se engana quem pensa que a equipe vai relaxar por já estar garantida na Libertadores de 2018. No desembarque, no Aeroporto de Confins, os atletas ressaltaram missões a cumprir.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



1 – G4

Como já está na Libertadores da próxima temporada, o Cruzeiro não precisa terminar entre os seis primeiros colocados na tabela do Brasileiro. Entretanto, ficar no topo é importante, no ponto de vista dos jogadores. Além disso, para os cofres do clube será muito bom. Se ficar em sexto, a Raposa vai receber R$2.763.540,00. Caso termina a competição, em quarto, meta principal, receberá três milhões a mais



- Estar no G-4. Terminar o ano no G-4. Não sabemos onde vamos chegar, mas temos esses jogos, precisamos pontuar também, como falo sempre, para terminar o ano bem – disse Thiago Neves.

O Cruzeiro ainda vai enfrentar o Fluminense, no domingo, às 17h (de Brasília), no Mineirão, o Avaí (15/11), também no Gigante da Pampulha, o Vitória (19/11), no Barradão, o Vasco (26/11), em casa, e o Botafogo (3/12), no Engenhão.

2 – Testes para 2018

Sem grandes responsabilidades no Campeonato Brasileiro, o técnico Mano Menezes pode usar os jogos restantes para utilizar jogadores que não atuaram muito na competição e também para testar outras formações táticas. Isso pode ser importante para a próxima temporada, em que o Cruzeiro vai disputar, como objetivo principal, a Taça Libertadores.

- Eles (comissão técnica) já falaram que vão rodar e testar alguns jogadores para o ano que vem. O Mano é melhor para responder isso, porque tem bastante gente cansada também, por causa do número de jogos. Mas vamos ver o que vão decidir. Todo mundo tem consciência de o que é vestir a camisa do Cruzeiro – afirma Thiago Neves.

Apesar disso, TN30, que soma 14 gols e 12 assistências, não quer saber de ser poupado.

- Não, eu não. Quero jogar todos (risos).

3 – Não apagar a conquista do penta

Setembro de 2017 estará para sempre na memória dos cruzeirenses. Afinal, é o mês da conquista do pentacampeonato da Copa do Brasil. Para o atacante Alisson, terminar a temporada com grandes atuações no Brasileiro ajuda para que não se “esqueçam” a conquista celeste.

- Já temos um jogo difícil no domingo (contra o Fluminense). É o momento de ver o que estamos errando para terminar o ano bem e também ninguém querer apagar o que fizemos. Conquistamos um título de grande valor. Um jogo não vai apagar. Mas, nos cobramos, sabemos que temos que melhorar e vamos melhorar.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte