Publicada em 08/11/2017, às 11:35

Eurico consegue vantagem expressiva apenas em "urna da discórdia"

Urna separada pela Justiça teve um saldo de 386 votos a favor de Eurico, o que corresponde a 90% de superioridade; demais resultados apontam panorama diferente; confira os números

Chapa de Eurico Miranda vence a eleição cruz-maltina (Foto: André Durão)

A chapa de Eurico Miranda saiu vencedora na eleição do Vasco com 2.111 votos, contra 1.975 de Julio Brant, uma diferença total de apenas 136 votos. Na urna separada pela Justiça, porém, uma vantagem de 90% dos votos a favor de Eurico: 428 a 42. Mas, e nas outras?

O site "Futdados" esmiuçou o resultado de cada uma das sete urnas, e o que se vê é que Eurico conseguiu uma boa vantagem em apenas uma (além da que está sob suspeita), que foi a de número 3, com uma diferença de 88 votos.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Confira o resultado de cada urna da eleição do Vasco:

Resultado das urnas cruz-maltinas (Foto: Twitter do site "Futdados.com")



O resultado fez com que as duas chapas comemorassem. Isso porque sem contar os votos da urna suspeita, Julio Brant teve a maioria: 1.933 contra 1.683 de Eurico, e o candidato vai levar a decisão para a Justiça:

- A situação foi tão bizarra que a Justiça vai decidir muito rápido. Todas as urnas foram parelhas. Só uma teve mais de 90% de votos para um candidato. Vai ser uma decisão fácil da Justiça, que vai anular aqueles votos e o Vasco seguirá vida nova. Me considero presidente do Vasco - disse Brant.

Eurico Miranda, no entanto, mostrou não estar muito preocupado com a possibilidade de uma revira-volta no resultado:

- Que tentem impugnar. Podem tentar à vontade. Eu não sei nem o que eles vão impugnar. Vão impugnar os votos? Baseado em quê? Os votos estão na urna. Eles que têm que procurar alguma coisa. Estão procurando pelo em casca de ovo - disse o mandatário.

Entenda o motivo da urna ter sido separada pela Justiça:

Houve uma suspeita no elevado número de adesões de sócios entre novembro e dezembro de 2015, último período para poder votar. A Justiça, então, determinou que a urna fosse separada das outras, e vai analisar posteriormente se os 475 votos contidos nela serão válidos ou não. Como a diferença de Brant para Eurico foi menor do que esse número, a oposição tentará anular o resultado.

Fonte: GloboEsporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Zé Ricardo analisa: 'Talvez o jogo que mais tivemos erros individuais'
- Irreconhecível, Vasco perde para o Atlético-PR e invencibilidade cai
- Invicto há 11 jogos, Vasco visita o Furacão para aproveitar embalo fora do Rio por vaga na Libertadores
- Vasco tenta encerrar jejum de dez anos contra o Atlético-PR
- Leia mais notícias sobre Vasco da Gama em www.futnet.com.br/vasco

Mais sobre - Vasco da Gama