Publicada em 07/11/2017, às 15:50

'O ano ainda não acabou': Flu promete luta até o fim por G-7 no Brasileirão

Após queda para o Flamengo na Copa Sul-Americana, Tricolor venceu o Botafogo no Estádio Nilton Santos, afastando-se da zona de rebaixamento e começando a sonha com o G-7

(Foto: Nelson Perez/ FFC)

A sete pontos do Z-4 e a cinco do G-7: além do alívio na tabela do Campeonato Brasileirão, a vitória de virada sobre o Botafogo, por 2 a 1 no sábado, renovou a esperança do Fluminense em terminar a temporada de com o astral positivo.

Nas seis rodadas que restam, o time de Abel Braga ainda precisa somar pontos para garantir a permanência na Série A - e a ideia do técnico é motivar a equipe para seis finais -, mas os atletas projetam uma luta na parte de cima da tabela.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



- Não passou em nenhum momento da nossa cabeça o Z-4. Não temos um time para brigar lá embaixo. Conseguimos dar uma respirada, mas não vamos parar por aí. Vamos buscar mais vitórias para colocar o Fluminense cada vez mais lá em cima, perto do G-6 - afirmou o zagueiro Renato Chaves.




A resposta do time após a eliminação da Sul-Americana, diante do Flamengo, foi a melhor e a mais rápida possível. Henrique Dourado foi um dos jogadores que mais sentiu a queda para o rival, dizendo estar envergonhado na saída de campo após o empate em 3 a 3 - o Tricolor chegou a ter 3 a 1 no placar.

Poucos dias depois, o centroavante ajudou na recuperação do Fluminense com um passe preciso para Marcos Junior empatar contra o Botafogo. A virada veio no fim, com Matheus Alessandro, e o Ceifador vibrou demais com o resultado.

- Foi uma semana difícil de digerir, foi complicado, mas tentamos digerir o mais rápido possível e foi o que foi feito, tivemos hombridade e tranquilidade para virar a partida - afirmou o goleador do Brasileiro, ao lado de Jô, antes de seguir:

- Queremos ver o Fluminense longe da zona da confusão, não valeria a pena ser artilheiro e o time estar lá embaixo - finalizou o Ceifador, autor de 16 gols.

Ao garantir os 47 pontos que o livram do risco de rebaixamento, o Fluminense pode assumir a briga pela vaga na próxima Copa Libertadores. Atual campeão da Copa do Brasil, o Cruzeiro "abre o G-7" ao estar colocado entre os seis melhores colocados. Caso o Grêmio vença a Libertadores deste ano, o Campeonato Brasileiro pode ter um G-8, o que aumentam as chances do Flu.

Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte