Publicada em 07/11/2017, às 16:05

Clayson emite nota oficial sobre confusão com Felipe Melo. Leia o texto na íntegra

Assessoria de imprensa do atleta emitiu um comunicado sobre o ocorrido e negou que tenha havido cusparada

(Foto: Divulgação)

O meia-atacante Clayson, por meio de sua assessoria de imprensa, emitiu um comunicado sobre o ocorrido em relação à polêmica com o meio-campista Felipe Melo. No caso, o palmeirense acusa o rival de ter dado uma cusparada, algo que o irritou e por isso começou a confusão. Por outro lado, o corintiano nega a cusparada no comunicado oficial e diz que Felipe o esperou para xingar e colocar o dedo em seu rosto.

Confira o comunicado oficial abaixo na íntegra:

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Após novas notícias sobre o incidente envolvendo o meia-atacante Clayson, do Corinthians, o atleta decidiu se pronunciar novamente sobre o assunto:

– Como disse, ainda na Arena Corinthians, apenas reagi a uma agressão. Diferentemente do que estou sendo acusado, não cuspi em ninguém. Isso está claro nas imagens, que mostram que, de forma alguma, eu cuspi em direção ao Felipe Melo. Na sequência, ele arremessa sua munhequeira em mim.



Pouco depois de o Felipe vir até mim, sendo seguro pelo Kazim, veio algum objeto em minha direção. Vendo as imagens, com calma, percebe-se que alguém atira algo em mim e não é possível identificar com clareza quem foi. No reflexo, tive uma reação natural de devolver o que recebi. Em seguida, o Felipe atira sua munhequeira em mim.

Tudo isso só aconteceu porque o Felipe, que já saia do gramado, voltou, me esperou e veio em minha direção apontando o dedo, com ameaças e muitos xingamentos. O Kazim entrou no meio para apaziguar e, durante esta confusão, alguém jogou algo em mim, desencadeando todo o ocorrido já descrito acima.

Nunca foi, não é e nunca será da minha índole estar envolvido em polêmica. Pelo contrário! No entanto, diante das provocações, a situação do jogo quente e de algo ter sido jogado contra mim, reagi. Sempre primei pelo trabalho, boa educação e respeito ao adversário. Princípios que, sim, aprendi com minha família. Família, uma entidade que está acima de tudo, merece todo nosso carinho, admiração, faz o ser humano ser quem ele é e não deve nunca ser agredida ou ofendida.

Para mim, quando termino um jogo, acaba em campo, um espetáculo para a família. Espetáculo nas quatro linhas, sem levar nada para fora. Esse é o meu caráter e o profissional que eu sou.


Fonte: Fox Sports
Clique para ver a matéria no site fonte