Publicada em 06/11/2017, às 17:17

Rodrygo iguala marca de Diego e Edu e vibra com estreia pelo Santos

Atacante estreou com 16 anos pelo Peixe, no último sábado. Emocionado, garoto cita filme que passou pela cabeça e ansiedade ao ser chamado por Elano

(Foto: Reprodução)

A estreia do atacante Rodrygo pelo Santos foi rápida. O garoto jogou os últimos minutos da vitória por 3 a 1 sobre o Atlético-MG, na Vila Belmiro, e participou pouco da partida. Mas tudo ficou em segundo plano a partir do momento em que o jovem foi chamado pelo técnico Elano.

Quando o Peixe já vencia com larga vantagem, a torcida presente na Vila Belmiro começou a pedir a entrada de Rodrygo. Foi ai que o filme "começou a rodar".

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



- Passou um filme na minha cabeça. Lembrei de tudo que passei desde quando cheguei aqui, aos 10 anos de idade. Toda trajetória até esse momento tão esperado. Minhas pernas deram uma bambeada quando o professor me chamou, mas faz parte. Graças a Deus deu tudo certo, o time conquistou mais uma vitória. O peso da estreia já saiu, agora é daqui para frente - disse o Menino da Vila.

Promovido na semana passada ao elenco profissional, o atacante que estava no sub-17 já conquistou uma marca importante: a de estrear com 16 anos, conquista obtida por poucos jogadores na história do Peixe.

Antes, nomes como Gabigol, Edu, Araken Patuska, Diego, Clodoaldo e Joel Camargo haviam estreado com 16 anos.



- Fiquei admirado com cada um. Todos me trataram bem, com muita humildade. Tenho tentado, a cada dia, me aperfeiçoar em todos os aspectos dentro e fora de campo. Eles (jogadores) são exemplos para mim. Procuro fazer as coisas iguais a eles - acrescentou.

Junto de Rodrygo, Elano também promoveu o atacante Yuri Alberto, também do sub-17. A dupla permanecerá com o elenco profissional até o fim do ano, participando de treinos e reforçando a equipe nos jogos.

Na próxima temporada, há a possibilidade de que a dupla dispute a Copa São Paulo. Outros jogadores da base seguem sendo observados pela comissão técnica.

Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte