Publicada em 06/11/2017, às 19:59

Flu e Wellington Silva conversam, mas clube não recomenda cirurgia no púbis

Atacante se reuniu com o departamento médico nesta segunda. Jogador está sem dores, mas ainda luta para voltar a apresentar o bom futebol do primeiro semestre

Wellington Silva no treino desta segunda: atacante conversou com o departamento médico do Flu (Foto: Nelson Perez / FluminenseFC)

O púbis de Wellington Silva voltou a ser assunto no Fluminense nos últimos dias. Tanto que o assunto cirurgia entrou em pauta nos bastidores do clube e gerou até uma pergunta para o técnico Abel Braga na coletiva de imprensa após a vitória por 2 a 1 sobre o Botafogo. Nesta segunda-feira, o atacante conversou com membros do departamento médico no CT Pedro Antônio. E a conclusão de ambas as partes foi de que uma operação neste momento não é a melhor opção.

A pubalgia de Wellington não é novidade. Já o atrapalhou no Arsenal, o tirou de vários jogos em 2017 e impediu até a transferência para o Bordeaux, da França. Mas o entendimento é de que a cirurgia no local, pelo menos agora, não seria certeza de solução para o problema. O tratamento seguirá sendo conservador.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Neste momento, por exemplo, o atacante está assintomático (sem dores). Quem viu o treino desta segunda-feira garante que ele se destacou. Por mais que, nos jogos, Wellington ainda lute para recuperar a vaga de titular e o bom futebol que o fez ser um dos principais jogadores do Flu no primeiro semestre.

A decisão de Abel Braga de deixar o atacante no banco de reservas durante os 90 minutos da eliminação na Copa Sul-Americana diante do Flamengo irritou a torcida tricolor. O treinador optou por Romarinho no segundo tempo. Após a vitória sobre o Botafogo, aliás, Abelão não quis entrar no assunto de uma possível cirurgia. Mas suas palavras deixaram claro que a questão estava em pauta nos bastidores.

- Não estou dizendo se é verdade ou se é mentira. Gostaria que o que se passou não fosse relatado por mim. Eu tiraria essa pergunta. Porque muita gente fala ''Por que não botou? Por que não está jogando?”. Cara, ele é um garoto maravilhoso. Essa pergunta eu passo, um médico pode explicar. Se você (repórter) já descobriu, o que tem de verdade e o que não tem, que seja explicado por eles - frisou Abelão.



Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte