Publicada em 06/11/2017, às 15:02

Carille quer maturidade e coloca meta ousada para garantir 'matematicamente' título ao Corinthians

Mesmo após ganhar do rival Palmeiras, treinador ainda sonha com cinco vitórias para chegar ao heptacampeonato nacional: 'É hora de continuar falando de jogo a jogo'

(Foto: Marco Galvão/Foto Arena)

O Corinthians abandonou as contas pelo título após a vitória por 3 a 2 sobre o Palmeiras na tarde deste domingo, no estádio de Itaquera. Após passar quatro jogos sem ganhar justamente depois de projetar cinco vitórias para chegar ao heptacampeonato nacional, o técnico Fábio Carille não quis pensar muito na conquista do Campeonato Brasileiro mesmo com o triunfo diante do arquirrival.

“Matematicamente, tem que trabalhar com cinco vitórias. Mas é hora de continuar falando de jogo a jogo e não falar muito de número nesse momento”, comentou o treinador, sem diminuir a projeção realizada ainda no mês passado, depois do trunfo sobre o Coritiba, também em Itaquera.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Além de recuperar a confiança da equipe, os três pontos do Derby fizeram com que o Alvinegro, pela primeira vez desde aquele encontro com os paranaenses, aumentasse a distância para o segundo colocado. Outrora ocupada pelo Palmeiras, a vice-liderança agora é do Santos, com 56 pontos, seis a menos que o Timão.

“Tem que controlar, ser bastante maduro e ser inteligente para jogar com essa vantagem. Vitória sempre é bom. O jogo contra o Grêmio foi em um ritmo muito alto também, não estávamos mal em todos os jogos. Tem dia em que a bola não entra, faz parte. Agora eu procuro tirar a euforia quando está tudo muito bem. Sou muito centrado”, avaliou Carille, com discurso alinhado ao dos seus jogadores.

“Uma decisão, muita entrega, muita intensidade. Óbvio que não conseguiríamos manter no segundo tempo, mas foi ótimo para demonstrar que a gente não é primeiro por acaso”, disse o zagueiro Pablo, outro que não quis fazer projeções na luta para chegar ao título nacional.

“Tem muito campeonato pela frente, vários pontos, o campeonato não está ganho. Tem grandes equipes, como o Palmeiras, então vamos manter a pegada para que a gente consiga grandes vitórias sobre grandes times, como foi aqui em Itaquera”, concluiu o zagueiro.

Mais folgado na liderança, o elenco se reapresenta na manhã desta segunda-feira, no CT Joaquim Grava, com um trabalho regenerativo visando ao duelo contra o Atlético-PR, na quarta-feira, às 21h (de Brasília), na Arena da Baixada. Para essa partida, Carille não poderá contar com o goleiro Cássio, suspenso e a serviço da Seleção Brasileiro, o volante Gabriel e o meia Jadson, também suspensos.

Fonte: Fox Sports
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Arena Corinthians oferece tour com cobrança de pênalti para torcedores
- Zagueiro do Corinthians recebe visita de Jô, e posta foto de joelho operado
- Carille define Cássio como capitão do Corinthians na entrega da taça do BR
- Romero se torna o estrangeiro com mais jogos pelo Timão e fica suspenso
- Leia mais notícias sobre Corinthians em www.futnet.com.br/corinthians

Mais sobre - Corinthians