Publicada em 05/11/2017, às 20:21

Rueda lamenta postura do Fla contra o Grêmio: 'Um a um não é a morte'

Para o treinador, faltou tranquilidade para o grupo jogar com tranquilidade após sofrer o gol de empate no Sul. Em seguida, Everton virou e tempos depois Luan deu números finais

Treinador lamentou a virada (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Neste domingo, o Flamengo foi derrotado de virada pelo Grêmio em Porto Alegre e sua situação na briga pela Libertadores fica cada vez mais delicada no Brasileirão. O técnico Rueda lamentou o resultado, principalmente após tomar o gol de empate, onde o time não soube ter calma.

- Hoje perdi. Não sei a estratégia. Buscamos ganhar desde o começo. O Grêmio tinha grande circulação de posse de bola. Com grande vocação ofensiva. O jogo até 1 a 0 a favor estava funcionando, mas depois com o um a um, não pela estratégia, escalação, mas como se assimila. O um a um não é a morte. É placar para trabalhar e buscar o jogo.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



O treinador colombiano afirmou que ideia era vencer, que o um a um era ruim, mas perder não passava pelos planos do clube.

- Em 1 a 1 era para seguir jogando com ordem e buscar o resultado. Para a gente o 1 a 1 não era bom. Mas era melhor que perder. Sobretudo perder o controle, como perdemos.

Outro ponto que o comandante colombiano destacou na sua entrevista coletiva foram as ausências de cinco titulares. Para Rueda, isso foi fundamental para a atuação ruim também.

- Não estão Juan, Réver, Berrío, Guerrero, Diego... são cinco titulares, mas qualquer equipe do mundo sente isso.

Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte